Abordagens e influências teóricas na classificação de documentos de arquivo no Brasil ao longo do século XX

Autores

DOI:

https://doi.org/10.19132/1808-5245283.119027

Palavras-chave:

Arquivologia, História da arquivologia, Pensamento arquivístico, Classificação em arquivos, Classificação de documentos de arquivo

Resumo

O propósito deste artigo foi analisar os fundamentos teóricos e metodológicos da classificação de documentos de arquivo a partir de uma perspectiva histórica no Brasil ao longo do século XX. Na medida em que essa função arquivística é continuadamente apontada na literatura da área como matricial para o fazer da ciência arquivística, poucas pesquisas se dedicaram a perfilar as grandes transformações nas abordagens e influências teóricas que guiaram sua prática no Brasil durante o período. Desta forma, nossa pergunta de partida foi: “quais abordagens e influências teóricas sobre a classificação de documentos de arquivo no Brasil ao longo do século XX?”. Tratando-se de uma pesquisa qualitativa então se reconheceu a importância da classificação não somente para fins organizativos imediatos, mas também como variável central para a apreensão das transformações teóricas que sofreu o trabalho nos arquivos. Procedeu-se à pesquisa bibliográfica de obras brasileiras ou estrangeiras que circularam no Brasil e abordaram a classificação de documentos de arquivo, das quais se perceberam influências teóricas da disciplina de Organização e Métodos, Biblioteconomia, Documentação, Arquivologia e Diplomática Os resultados sugerem a existência de quatro grandes abordagens nesse cenário. Uma primeira fortemente influenciada pela relação de sinonímia de classificação com o arquivamento, uma segunda com maior influência documentalista, a terceira com indícios de penetração da teoria arquivística, e uma quarta abordagem inclinada à análise tipológica e à Diplomática, consonantes à Arquivologia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Paulo José Viana de Alencar, Universidade Federal Fluminense

Doutorando e mestre em Ciência da Informação pelo Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação da Universidade Federal Fluminense. Bacharel em Arquivologia pela Universidade Federal Fluminense.

Clarissa M. dos S. Schmidt, Universidade Federal Fluminense

Doutora em Ciência da Informação pela USP. Professora do Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação da Universidade Federal Fluminense.

Downloads

Publicado

2022-08-04

Como Citar

ALENCAR, P. J. V. de; SCHMIDT, C. M. dos S. Abordagens e influências teóricas na classificação de documentos de arquivo no Brasil ao longo do século XX. Em Questão, Porto Alegre, v. 28, n. 3, p. 119027, 2022. DOI: 10.19132/1808-5245283.119027. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/EmQuestao/article/view/119027. Acesso em: 3 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos