A Mercantilização da Educação no Brasil sob a Lógica da Especulação Financeira

Fábio Luciano Costa

Resumo


Este artigo aborda o processo de financeirização da educação no Brasil, dentre outros, caracterizado pela formação de grandes grupos empresariais educacionais, a sua desnacionalização com a inserção de capitais estrangeiros e a comercialização de ações de alguns destes grupos em bolsas de valores na busca da rápida ampliação dos lucros. Privilegiou-se uma discussão, ainda que introdutória, a qual pudesse inserir e associar o tema no campo dos estudos da economia política, com o foco nas reformas neoliberais e novo-desenvolvimentistas no país nas duas últimas décadas. Fenômeno recente e ainda pouco destacado pelos trabalhos acadêmicos, esta forma de mercantilização educacional, pela magnitude que tem tomado na movimentação de capitais, levanta questões importantes quanto aos rumos que estão direcionando a educação no sistema capitalista. Longe de combater, este processo educacional acaba por contribuir com a ampliação das desigualdades sociais.


Palavras-chave


Educação; Especulação Financeira; Mercadoria.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Fineduca adota o formato de publicação contínua.

Não há taxas para submissão, avaliação e publicação de artigos.

 

Fontes de Indexação:

LATINDEX

 

 

 

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.