Tendências nos estudos de Representação Temática da Informação: uma revisão integrativa dos artigos científicos indexados na Brapci

Autores

  • Camila Regina de Oliveira Rabelo Mestranda em Ciência da Informação na Universidade Federal do Ceará
  • Virginia Bentes Pinto Professora Titular da Universidade Federal do Ceará-UFC.

DOI:

https://doi.org/10.19132/1808-5245252.66-88

Palavras-chave:

Revisão integrativa. Representação Temática da Informação. Indexação de assuntos. Representação da informação. Pesquisa em Ciência da Informação.

Resumo

Esta pesquisa apresenta os resultados da investigação cujo objetivo básico é verificar, por meio da Revisão Bibliográfica Integrativa, as tendências dos assuntos relativos aos estudos e às pesquisas que contemplam a representação temática nos artigos científicos indexados na Base de Dados Referenciais de Artigos de Periódicos em Ciência da Informação. Entendemos a representação temática ou indexação como um esquema complexo de ações que visa identificar os assuntos principais de um documento objetivando oferecer “pistas” para a recuperação de informação. É uma pesquisa pautada na RBI, metodologia que permite sintetizar os conteúdos encontrados na literatura científica para evidenciar a manifestação de um determinado assunto e auxiliar em pesquisas posteriores. O lócus do estudo empírico foi a base de dados, tendo como recorte o período de 2012 a 2017. Os resultados evidenciam um total de 25 artigos concernentes à Representação Temática da Informação, sendo que as tendências das pesquisas contemplam: Arquivologia, indexação de documentos jurídicos, linguagens documentárias, estudos semânticos, mapas conceituais, indexação de imagens, bibliotecas universitárias, bibliotecas digitais/repositórios digitais, indexação de textos de literatura e ensino da representação temática a distância. Concluímos que as tendências dos estudos e das pesquisas sobre a Representação Temática da Informação contemplam uma diversidade de aplicações, tendo como função maior o acesso aos documentos e sua recuperação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Camila Regina de Oliveira Rabelo, Mestranda em Ciência da Informação na Universidade Federal do Ceará

Mestranda em Ciência da Informação no Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação da Universidade Federal do Ceará, pertencente a linha de Pesquisa de Representação da Informação. Interesse em pesquisas relacionadas a organização e representação das informações na área da saúde, com foco no Prontuário do Paciente. Graduada em Biblioteconomia pela Universidade Federal do Ceará. Especialista em Gestão e Docência do Ensino Superior na Universidade Estácio de Sá. Bibliotecária com experiência profissional em Bibliotecas Públicas e Universitárias e gestão de unidades de informação.

 

Virginia Bentes Pinto, Professora Titular da Universidade Federal do Ceará-UFC.

Professora Titular da Universidade Federal do Ceará-UFC. Bacharel em Biblioteconomia- Universidade Federal do Ceará. Doutorado em Sciences de l?Information et de la Communication- Université Stendhal-Grenoble-3-França (1999). Mestrado em Ciências da Informação pela Universidade Federal de Minas Gerais (1989). Líder do Grupo sobre Representação da Informação- certificado pela-UFC-Pós-Doutorado em Filosofia-Tratamento cognitivo da informação-Laboratoire de l?Analyse Cognitive de ?linformation (LANCI). Université du Quebec à Montreal- (2006). Estágio Pós- Doutoral no Instituto de Linguistica Aplicada (IULA ) da Universidad Pompeu Fabra- Barcelona e Cátedra Interuniversitária de Derecho y Genoma Humano- Universidad de Deusto- País Basco (2013). Ex-Coordenadora do Doutorado Interinstitucional em Ciência da Informação- UNESP-CI-Marilia/UFC-DCINF. Colaboradora do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação das Universidades Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho e Universidade Federal da Paraíba. Pesquisadora -CNPq. Especialização em Informação Tecnológica-Universidade Federal de Santa Catarina (1985). Áreas de interesse: Tratamento Cognitivo da Informação, Representação Indexal de textos verbais e não-verbais (imagens, sons), Representação do Conhecimento, Tecnologia da Informação, Informação para a Saúde, Documentação sanitária, terminologias na área da Saúde, Gerenciamento Eletrônico de Documentos, Ontologias, Bibliometria, Linguagem Natural e Controlada, Epistemologia da Ciência da Informação, Metodologia da Pesquisa, Leitura e Biblioterapia, Gestão da Informação e do Conhecimento ). Presidente da Comissão Permanente de Avaliação de Documentos (CPAD)- UFC. Membro da Comissão da Verdade da Universidade Federal do Ceará. Conjuntamente com a Profa. Ana Maria Sá, foi idealizadora e colocou em prática o PROLER-CE, tendo sido sua primeira coordenadora. Também idealizou e colocou em prática o projeto Biblioterapia no Estado do Ceará. Conjuntamente com a Profa. Juliana Buse, elaborou o Projeto do Portal de Periódicos Científicos da UFC. É Membro do Comitê Gestor do Serviço Eletrônico de Informação (SEI)- UFC. Tem livros e artigos publicados no campo da Ciência da Informação e da Biblioteconomia. Orienta alunos de graduação e pós-graduação. Possui experiência nas áreas de Ciência da Informação e da Biblioteconomia, atuando em bibliotecas universitárias, públicas, escolares e especializadas. Vice-coordenadora do PPGCI-UFC. PQ-CNPq

Downloads

Publicado

2019-04-26

Como Citar

RABELO, C. R. de O.; PINTO, V. B. Tendências nos estudos de Representação Temática da Informação: uma revisão integrativa dos artigos científicos indexados na Brapci. Em Questão, Porto Alegre, v. 25, n. 2, p. 66–88, 2019. DOI: 10.19132/1808-5245252.66-88. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/EmQuestao/article/view/82314. Acesso em: 18 maio. 2022.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)