Uma releitura do “mapa noturno”: tradução, mediação e mudança epistemológica

Rosario Sánchez Vilela

Resumo


De los medios a las mediaciones revela-se fruto de cruzamentos e convergências, produto de um ambiente intelectual em que certas ideias amadureciam em diferentes tradições acadêmicas e disciplinares. Sendo assim, propõe-se, aqui, uma releitura que procura interpretar o significado que o trabalho teve para a pesquisa latino-americana e recuperar a validade da mudança epistemológica que postula.


Palavras-chave


Jesús Martín Barbero. Mudança epistemológica. Mediações.

Texto completo:

PDF (Español (España))


DOI: https://doi.org/10.19132/1807-8583201843.48-58



Intexto | E-ISSN 1807-8583 | Facebook | Google Scholar 

Classificação Qualis: B1 - Comunicação, Informação, História, Letras/Linguística  | B2 - Psicologia | B3 - Ciência Política e Relações Internacionais, Arquitetura, Urbanismo e Design, Ciências Ambientais, Interdisciplinar | B4 - Sociologia. 

Programa de Pós-graduação em Comunicação e Informação | Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Rua Ramiro Barcelos, 2705 sala 519 - Porto Alegre, RS, Brasil | E-mail: Intexto @ufrgs.br

Membro Associação Brasileira de Editores Científicos 

Signatária DORA (San Francisco Declaration on Research Assessment)