Medição e gestão de desempenho em empresas construtoras

Autores

  • Luis Felipe Cândido Universidade Federal do Ceará, Campus de Crateús
  • Sergio Henrique de Oliveira Lima Universidade Federal do Cariri (UFCA) Programa de Pós-Graduação em Administração e Controladoria/Universidade Federal do Ceará (UFC)
  • Jose de Paula Barros Neto Universidade Federal do Ceará Programa de Pós-graduação em Engenharia Civil: Estruturas e Construção Civil

Palavras-chave:

Medição de desempenho, Sistema de indicadores, Gestão estratégica

Resumo

A literatura sobre medição e gestão de desempenho mostra o estágio ainda embrionário desses processos na indústria da construção. Assim, este trabalho tem como objetivo avaliar os processos de medição e gestão de desempenho no setor de construção. Por meio de três estudos de caso em empresas construtoras evidencia-se que os sistemas de medição de desempenho (SMD) em uso nas empresas estão focados apenas em aspectos operacionais da medição de desempenho, não sendo, portanto, capazes de promover uma gestão que integre finalidades mais estratégicas, como influenciar o comportamento dos atores e proporcionar aprendizado e melhoria, elementos fundamentais para o alcance dos objetivos organizacionais. Assim, o estudo contribui com a literatura de gestão da construção ao aprofundar e ampliar as discussões sobre os conceitos de medir e gerar o desempenho, trazendo as novas formas de examinar o tema com base em diversos conceitos que ascendem principalmente das ciências administrativas e econômicas. Contribui também ao expandir a evidência empírica que reforça a evolução lenta dos SMD no setor de construção.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2019-12-10

Edição

Seção

Gestão e Economia da Construção

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

> >>