Estabilização e viabilidade técnica da utilização de escórias de aciaria elétrica

Autores

  • Angela Borges Masuero Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Denise Carpena Coutinho Dal Molin Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Antônio Cézar Faria Vilela Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Palavras-chave:

escória de aciaria elétrica, espansibilidade, estabilização, comportamento mecânico, absorção de água

Resumo

Escórias de aciaria elétrica são resíduos gerados na produção do aço. São materiais de características expansivas, causadas principalmente pela presença de óxido de cálcio livre, óxido de magnésio reativo, óxido de ferro e pela metaestabilidade do silicato dicálcico. A utilização deste resíduo passa pela sua estabilização quanto à expansibilidade. Este trabalho apresenta uma breve revisão da geração, dos agentes e mecanismos causadores da expansão das escórias. É testado um método de estabilização da escória de aciaria elétrica quanto à sua expansão e avaliado o comportamento mecânico e quanto à absorção de água de argamassas com uso de uma escória de aciaria estabilizada. Os resultados encontrados indicam que argamassas com até 50 % substituição de cimento por escória estabilizada (ACIGRAN) apresentam desempenho semelhante do ponto de vista mecânico e de absorção de água que argamassas sem escória.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2008-04-17

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

> >>