Proposta de modelagem da carbonatação de concretos de cimento portland branco

Autores

  • Ana Paula Kirchheim Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Vanessa Rheinheimer Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Denise Carpena Coutinho Dal Molin Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • José Luís Duarte Ribeiro Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Palavras-chave:

Cimento Portland branco estrutural, carbonatação

Resumo

Este trabalho descreve um estudo experimental cujo objetivo foi avaliar a resistência à compressão e à carbonatação de concretos moldados com quatro tipos de cimento Portland branco estrutural, comparando seus resultados com um concreto moldado com cimento Portland de alta resistência inicial (CPV), utilizado como referência. Investigouse, também, a relação água/cimento (0,4; 0,5; 0,6). Os resultados obtidos mostram que o desempenho dos concretos moldados com os cimentos Portland branco estudados equivalem ao dos moldados com CPV. Em termos de carbonatação, os resultados experimentais foram modelados estatisticamente e apresentaram coeficientes de determinação superiores a 75%. Os modelos obtidos revelam que, no que se refere à carbonatação, o desempenho dos concretos moldados com cimento branco foi geralmente superior ao dos moldados com cimento CPV, exceto para um deles. Nesse caso, seriam necessários ajustes em sua composição física e química, para que este tenha uma melhora em seu desempenho.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2008-04-16

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)