Possibilidades identitárias contemporâneas em um mundo do trabalho flexibilizado

Autores

  • Maria Conceição Coropos Uvaldo Docente do Instituto Sedes Sapientiae (SP) e psicóloga do Setor de Orientação Profissional do Departamento de Psicologia Social e do Trabalho do Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.22456/2238-152X.20162

Palavras-chave:

trabalho, identidade, flexibilização, contemporaneidade, projeto de vida

Resumo

A identidade surgiu como uma categoria que definiria o lugar psicossocial das pessoas pela adaptação a uma estrutura sociolaboral hegemônica predefinida (outro generalizado). Com as mudanças gradativas da contemporaneidade geradoras de estruturas sociolaborais mais instáveis e flexíveis (outros generalizados), a identidade deixou de ser somente um processo de adaptação para se tornar um processo de construção contínua. Tomando como base a dimensão do trabalho, o presente ensaio teórico teve como objetivo organizar as alternativas atuais de construções identitárias por aproximações conceituais possíveis entre cinco pensadores (Alain Touraine, Claude Dubar, Manuel Castells, Robert Castel e Stuart Hall), resultando em quatro categorias: nostalgia, fechamento, instrumentalidade e possibilidade. Concluindo, o momento atual é de transição, pois estruturaria dois caminhos identitários distintos: um baseado num processo mais definido e estável de adaptação (categorias do fechamento e da nostalgia) e outro baseado num processo de construção relacional contínua (categorias da possibilidade e da instrumentalidade).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Conceição Coropos Uvaldo, Docente do Instituto Sedes Sapientiae (SP) e psicóloga do Setor de Orientação Profissional do Departamento de Psicologia Social e do Trabalho do Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo

Mestre e Doutora em Psicologia Social; Especialista em Orientação Profissional; Psicóloga do Setor de Orientação Profissional do Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo; Docente do Instituto Sedes Sapientiae-SP; faz pesquisas na interface trabalho, identidade e carreira. Diretora da Associação Brasileira de Orientação Profissional (2009-2011).

Downloads

Publicado

2012-02-10

Como Citar

Uvaldo, M. C. C. (2012). Possibilidades identitárias contemporâneas em um mundo do trabalho flexibilizado. Revista Polis E Psique, 1(1), 42. https://doi.org/10.22456/2238-152X.20162

Edição

Seção

Artigos