A EDUCAÇÃO POSTURAL COMO CONTEÚDO CURRICULAR DA EDUCAÇÃO FÍSICA NO ENSINO FUNDAMENTAL II NAS ESCOLAS DA CIDADE DE MONTENEGRO/RS

Autores

  • Cláudia Tarragô Candotti ESEFID/UFRGS
  • Jóice Elisa Rohr UNISINOS
  • Matias Noll UFRGS

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-8918.18173

Palavras-chave:

Postura. Instituições de Ensino. Educação Física.

Resumo

Este estudo teve como objetivo verificar se a Educação Postural está contemplada nos conteúdos das aulas de Educação Física das escolas de Ensino Fundamental de 5ª a 8ª séries da cidade de Montenegro/RS. Vinte e dois professores responderam um questionário auto-aplicável. Os resultados evidenciaram que a Educação Postural, na prática, é negligenciada pela maioria dos professores de Educação Física de 5ª a 8ª séries, embora os professores reconheçam a importância de ensinar e praticar questões sobre Educação Postural, bem como definem muito bem o conceito de postura adequada, o que sugere uma notável contradição entre o pensar e o fazer.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cláudia Tarragô Candotti, ESEFID/UFRGS

Doutora em Ciências do Movimento Humano pelo Programa de Pós-Graduação em Ciências do Movimento, da ESEF/UFRGS e professora do curso de Fisioterapia e do Programa de Pós-Graduação (Mestrado e Doutorado) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Jóice Elisa Rohr, UNISINOS

Graduada em Educação Física pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

Matias Noll, UFRGS

Mestrando em Ciências do Movimento Humano pelo Programa de Pós-Graduação em Ciências do Movimento Humano – ESEF/UFRGS. Graduado em Educação Física pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

Downloads

Publicado

2011-07-31

Como Citar

CANDOTTI, C. T.; ROHR, J. E.; NOLL, M. A EDUCAÇÃO POSTURAL COMO CONTEÚDO CURRICULAR DA EDUCAÇÃO FÍSICA NO ENSINO FUNDAMENTAL II NAS ESCOLAS DA CIDADE DE MONTENEGRO/RS. Movimento, [S. l.], v. 17, n. 3, p. 57–77, 2011. DOI: 10.22456/1982-8918.18173. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/18173. Acesso em: 10 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos Originais