O excesso de peso corporal, seus significados e sentidos

os dicionários com a palavra

Autores

  • Rosane Suely Alvares Lunardelli Universidade Estadual de Londrina
  • Patricia Ofelia Pereira de Almeida Universidade Estadual de Londrina https://orcid.org/0000-0002-9830-9465
  • Sandra Regina Moitinho Lage Universidade Estadual de Londrina

DOI:

https://doi.org/10.1590/1808-5245.30.135466

Palavras-chave:

obesidade, representação da informação, dicionários, Ciência da Informação

Resumo

O excesso de peso corporal, seus significados e, sobretudo, quais são as palavras referentes ao assunto, trata-se do escopo deste estudo. Nesta direção, os dicionários on-line são considerados fontes auxiliares dos bibliotecários no processo de representação temática da informação. Objetivo: identificar nos dicionários on-line, quais os significados dados aos verbetes “Gordo” e “Obeso”. Metodologia: realizou-se um levantamento bibliográfico, sem delimitações quanto ao período, complementado pela pesquisa documental realizada nos dicionários, de cunho qualitativo e descritivo. Resultado: as palavras intercambiáveis apresentadas aos verbetes “Gordo” e “Obeso” em sua maioria, trazem uma conotação pejorativa, uma vez que seus significados remetem à sujeira, à deformidade, à falta de zelo com o corpo, contribuindo para o fortalecimento de uma sociedade lipofóbica. Conclusões: os dicionários analisados, apesar de assumirem funções sociais, pedagógicas e científicas, apresentam palavras que promovem a desvalorização humana. Assim sendo, cabe ao bibliotecário refletir a respeito das informações contidas nessas fontes, antes de utilizá-los como apoio em suas atividades de representação temática de recursos informacionais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rosane Suely Alvares Lunardelli, Universidade Estadual de Londrina

Pós-Doutorado em Ciência da Informação pela Universidade Federal da Paraíba - UFPB. Doutora e Mestra em Estudos da Linguagem pela Universidade Estadual de Londrina - UEL. Graduação em Biblioteconomia. Atuando em temáticas pertinentes a Organização da Informação e do Conhecimento; Leitura Documentária; Análise Documentária/Análise da Informação; Incentivo à Leitura; Linguagens verbais e não verbais; Linguística Textual; Gestão de Arquivos; Literatura de Cordel.

Patricia Ofelia Pereira de Almeida, Universidade Estadual de Londrina

Doutoranda e Mestra em Ciência da Informação (PPGCI/UEL), possui Especialização em Gestão Pública e Graduação em Biblioteconomia. Atuando nos seguintes temas: Organização da Informação e do Conhecimento; Reprerepresentação Temática da Informação; Representação Descritiva; Gestão de coleções; Conservação; Bibliotecas Universitárias e Avaliação de coleções.

Sandra Regina Moitinho Lage, Universidade Estadual de Londrina

Doutora e Mestra em Ciência da Informação pela Universidade Estadual de Londrina (UEL). Especialização em Políticas Públicas e Graduação em Administração. Atuando em temáticas pertinentes a Organização da Informação e do Conhecimento; Representação Temática da Informação; Saúde Pública e Literatura de Cordel.

Referências

ALMEIDA, Everton Castro. Categorização e corporificação em dicionários escolares: uma análise do paradigma definicional. 2019. Dissertação (Mestrado em Linguística Aplicada) - Universidade Estadual do Ceará, Fortaleza, 2019.

ARAÚJO, Lidiane Silva; COUTINHO, Maria da Penha de Lima; ALBERTO, Maria de Fátima Pereira; SANTOS, Anderson Mathias Dias; PINTO, Adriele Vieira de Lima. Discriminação baseada no peso: representações sociais de internautas sobre gordofobia. Psicologia em Estudo, Maringá, v. 23, p. 1-17, 2018. Disponível em: https://doi.org/10.4025/psicolestud.v23i0.34502. Acesso em: 10 set. 2023.

BAKHTIN, Mikhail Mikhailovitch. Marxismo e filosofia da linguagem: problemas fundamentais do método sociológico da linguagem. 13. ed. São Paulo: Hucitec, 2009.

BIDERMAN, Maria Tereza Camargo. Dicionários na contemporaneidade: arquitetura, métodos e técnicas. In: OLIVEIRA, Ana Maria Pinto Pires; ISQUERDO, Aparecida Negri (org.). Ciências do Léxico: lexicologia, lexicografia e terminologia. Campo Grande: Ed. da UFMS, 2001. p. 131-144.

ENES, Carla Cristina; SLATER, Betzabeth. Obesidade na adolescência e seus principais fatores determinantes. Revista Brasileira de Epidemiologia, São Paulo, v. 13, n. 1, p. 163-171, 2010. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S1415-790X2010000100015. Acesso em: 10 set. 2023.

FERRARA, Lucrécia D'Aléssio. Design em espaços. São Paulo: Rosari, 2002.

FRANCISCO, Lucas Vieira; DIEZ-GARCIA, Rosa Wanda. Abordagem terapêutica da obesidade: entre conceitos e preconceitos. Demetra: Alimentação, Nutrição & Saúde, Rio de Janeiro, v. 10, n. 3, p. 705-716, 2015. Disponível em: https://doi.org/10.12957/demetra.2015.16095. Acesso em: 10 set. 2023.

GOFFMAN, Erving. Estigma: notas sobre a manipulação da identidade deteriorada. 4.ed. Rio de Janeiro: Zahar, 1980.

GONÇALVES, Sheila de Carvalho Pereira. Ensino do vocabulário e a teoria dos campos léxicos. 2005. Dissertação (Mestrado em Linguística) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2005.

GORDO. In: Michaelis: Dicionário Brasileiro da Língua Portuguesa. São Paulo: Melhoramentos, 2023. Disponível em: https://michaelis.uol.com.br/moderno-portugues/busca/portugues-brasileiro. Acesso em: 13 dez. 2022.

JODELET, Denise. A representação: noção transversal, ferramenta da transdisciplinaridade. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, v. 46, n. 162 p. 1258-1271, 2016. Disponível em: https://doi.org/10.1590/198053143845. Acesso em: 10 set. 2023.

KOBASHI, Nair Yumiko. Análise documentária e representação da informação. Informare, Rio de Janeiro, v. 2, n. 2, p. 5-27, 1996.

LANCASTER, F. W. Indexação e resumos: teoria e prática. 2. ed. Brasília: Briquet de Lemos, 2004.

LE COADIC, Yves François. A Ciência da Informação. Brasília: Briquet de Lemos, 1996.

MACEDO, Vera Amália Amarante. Dicionários. In: CAMPELLO, Bernadete Santos; CALDEIRA, Paulo da Terra; MACEDO, Vera Amália Amarante, (org.). Formas e expressões do conhecimento: introdução às fontes de informação. Belo Horizonte: UFMG, 1998. p. 193-215.

MAKOWIECKY, Sandra. Representação: a palavra, a idéia, a coisa. Cadernos de Pesquisa Interdisciplinar em Ciências Humanas, Florianópolis, v. 4, n. 57, p. 2-25, 2003.

MARCONDES, Carlos Henrique. Representação e economia da informação. Ciência da Informação, Brasília, v. 30, n. 1, p. 61-70, 2001. Disponível em: https://doi.org/10.18225/ci.inf.v30i1. Acesso em: 10 set. 2023.

MATTOS, Rafael da Silva; LUZ, Madel Therezinha. Sobrevivendo ao estigma da gordura: um estudo socioantropológico sobre obesidade. Physis: Revista de Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 19, n. 2, p. 489-507, 2009. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S0103-73312009000200014. Acesso em: 10 set. 2023.

MELO, Francisco Vicente Sales; FARIAS, Salomão Alencar de; KOVACS, Michelle Helena. Estereótipos e estigmas de obesos em propagandas com apelos de humor. Organizações & Sociedade, Salvador, v. 24, n. 81, p. 305-324, 2017. Disponível em: https://doi.org/10.1590/1984-9230816. Acesso em: 10 set. 2023.

NEVES, Alden dos Santos; MENDONÇA, André Luís de Oliveira. Alterações na identidade social do obeso: do estigma ao Fat Pride. Demetra: Alimentação, Nutrição & Saúde, Rio de Janeiro, v. 9, n. 3, p. 619-631, 2014. Disponível em: https://doi.org/10.12957/demetra.2014.9461. Acesso em: 10 set. 2023.

NOVELLINO, Maria Salet Ferreira. Instrumentos e metodologias de representação da informação. Informação & Informação, Londrina, v. 1, n. 2, p. 37-45, 1996. Disponível em:

https://doi.org/10.5433/1981-8920.1996v1n2p37. Acesso em: 10 set. 2023.

OBESO. In: Dicionário inFormal. [S.l: s.n.], 2023. Disponível em: https://www.dicionarioinformal.com.br/. Acesso em: 13 dez. 2022.

ODDONE, Nancy Elizabeth. Atividade editorial & Ciência da Informação: convergência epistemológica. 1998. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) - Universidade de Brasília, Brasília, 1998.

PAIM, Marina Bastos; KOVALESKI, Douglas Francisco. Análise das diretrizes brasileiras de obesidade: patologização do corpo gordo, abordagem focada na perda de peso e gordofobia. Saúde e Sociedade, São Paulo, v. 29, n. 1, p. 1-12, 2020. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S0104-12902020190227. Acesso em: 10 set. 2023.

RANGEL, Natália Fonseca de Abreu. O ativismo gordo em campo: política, identidade e construção de significados. 2018. Dissertação (Mestrado em Sociologia Política) - Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2018.

ROSA, Thyago do Vale; CAMPOS, Denise Teles Freire. O sofrimento psíquico na condição obesa e a influência da cultura. Revista EVS: Revista de Ciências Ambientais e Saúde, Goiânia, v. 35, n. 5, p. 967-979, 2009. Disponível em: https://doi.org/10.18224/est.v35i5.1105. Acesso em: 10 set. 2023.

SANTOS, Raimunda Fernanda dos. Indexação de xilogravuras à luz da Semântica Discursiva. Informação & Sociedade: Estudos, João Pessoa, v. 30, n. 2, p. 1-49, 2020. Disponível em: https://doi.org/10.22478/ufpb.1809-4783.2020v30n2.52062. Acesso em: 10 set. 2023.

SIQUEIRA, Jessica Camara. Análise lexicográfica de dicionários da ciência da informação. RDBCI: Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação, Campinas, v. 9, n. 2, p. 128-149, 2011. Disponível em: https://doi.org/10.20396/rdbci.v9i1.1923. Acesso em: 10 set. 2023.

SOUSA, Brisa Pozzi de; FUJITA, Mariângela Spotti Lopes. A análise de assunto no processo de indexação: um percurso entre teoria e norma. Informação & Sociedade: Estudos, João Pessoa, v. 24, n. 1, p. 19-34, 2014.

STENZEL, Lucia Marques. Obesidade: o peso da exclusão. 2. ed. Porto Alegre: Edipucrs, 2003.

SUDO, Nara; LUZ, Madel T. O gordo em pauta: representações do ser gordo em revistas semanais. Ciência & Saúde Coletiva, São Paulo, v. 12, n. 4, p. 1033-1040, 2007. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S1413-81232007000400024. Acesso em: 10 set. 2023.

VIANNA, Monica Vanderlei. O peso que não aparece na balança: sofrimento psíquico em uma sociedade obesogênica e lipofóbica. Polêm!ca, Rio de Janeiro, v. 18, n. 1, p. 94-108, 2018. Disponível em:

https://doi.org/10.12957/polemica.2018.36073. Acesso em: 10 set. 2023.

WORLD HEALTH ORGANIZATION (WHO). Obesity: preventing and managing the global epidemic. Geneva: WHO, 2000.

Downloads

Publicado

2024-02-21

Como Citar

LUNARDELLI, R. S. A.; ALMEIDA, P. O. P. de; LAGE, S. R. M. O excesso de peso corporal, seus significados e sentidos: os dicionários com a palavra. Em Questão, Porto Alegre, v. 30, p. 135466, 2024. DOI: 10.1590/1808-5245.30.135466. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/EmQuestao/article/view/135466. Acesso em: 15 abr. 2024.

Edição

Seção

Artigo