A ordenação de documentos como enunciação

o número de chamada e os sistemas de classificação bibliográfica

Autores

DOI:

https://doi.org/10.19132/1808-5245283.117425

Palavras-chave:

Ordenação de documentos, Número de chamada, Número do livro, Sistemas de classificação bibliográfica

Resumo

Discute a adoção dos sistemas de classificação bibliográfica para fins de ordenação de documentos no contexto estadunidense da virada do século XIX para o XX e a configuração do número de chamada como modelo composto pela associação entre o número de coleção, o número de classe e o número do livro. Busca-se explicitar a historicidade do número de chamada e as críticas a ele direcionadas. O trabalho fundamenta-se em revisão de literatura sobre a temática, desenvolvendo-se com base em pesquisa de grupo e pesquisas individuais, iniciadas em 2012, e que, desde então, resultam em trabalhos acadêmicos, livro, trabalhos em evento e artigos. O texto principia pela discussão sobre os sentidos vinculados ao uso dos sistemas de classificação bibliográfica para a ordenação de documentos. Na sequência, discorre sobre a estrutura do número de chamada como modelo que operacionaliza arranjos em sistemas de localização relativa, mobilizando, em especial, a intensa produção de reflexões voltadas a soluções para a composição do número do livro. Por fim, revisita algumas críticas aos sistemas de classificação bibliográfica e em associação ao número de chamada. Como considerações finais, ressalta a atualidade da ordenação de documentos, sobretudo quando a experiência direta do público com as coleções é almejada, haja vista a função enunciativa dos arranjos espacializados, função essa que fomenta a exploração significativa e criativa das coleções.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Camila Mariana Aparecida da Silva, Universidade Federal de Minas Gerais

Graduação em História e em Biblioteconomia pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Mestrado no Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da UFMG e doutorado em andamento do mesmo Programa. Bibliotecária no Sistema de Bibliotecas da UFMG. Pesquisa o processo de ordenação, em relação com a classificação bibliográfica.

Cristina Dotta Ortega, Universidade Federal de Minas Gerais

Graduação em Biblioteconomia e mestrado e doutorado em Ciência da Informação na Escola de Comunicações e Artes, da Universidade de São Paulo (ECA/USP), e pós-doutorado na Universidade Federal Fluminense (UFF). Experiência profissional em produção e gestão de bases de dados e de tesauros orientados a contextos institucionais. Professora Associada na Escola de Ciência da Informação da Universidade Federal de Minas Gerais (ECI/UFMG), atuando no curso de graduação em Biblioteconomia e no Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação. Membro da ABECIN - Associação Brasileira de Educação em Ciência da Informação, da ISKO - International Society for Knowledge Organization e da da ANCIB - Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Ciência da Informação, onde atuou como coordenadora adjunta do GT1 - Estudos Históricos e Epistemológicos da Ciência da Informação no ano de 2019. Foi membro pesquisador do Grupo Temma de 2014 a 2017, quando ocorreu sua extinção. Coordena o grupo de pesquisa Fundamentos teóricos, metodológicos e históricos da Organização da Informação, da UFMG, registrado no CNPq. Desenvolve pesquisas sobre Organização da Informação, explorando fundamentos e metodologias sob o aporte dos estudos da linguagem e seus percursos de constituição histórica. Pesquisa também sobre epistemologia do campo, investigando o conceito de documento como produto das ações de mediação documentária, na perspectiva da Bibliografia, da Biblioteconomia e da Documentação.

Downloads

Publicado

2022-08-04

Como Citar

SILVA, C. M. A. da; ORTEGA, C. D. A ordenação de documentos como enunciação: o número de chamada e os sistemas de classificação bibliográfica. Em Questão, Porto Alegre, v. 28, n. 3, p. 117425, 2022. DOI: 10.19132/1808-5245283.117425. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/EmQuestao/article/view/117425. Acesso em: 30 jan. 2023.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)