O bibliotecário na gestão de dados de pesquisa: uma revisão sistemática

Autores

DOI:

https://doi.org/10.19132/1808-5245263.43-69

Palavras-chave:

Gestão de dados de pesquisa, Curadoria de dados, Bibliotecário de dados, Ciência da Informação.

Resumo

O artigo apresenta resultado de pesquisa sobre o papel do bibliotecário na curadoria e gestão de dados de pesquisa. Trata-se de uma investigação pautada na metodologia da revisão sistemática e cuja busca foi realizada na base de dados Web of Science. A análise dos documentos recaiu sobre os textos que trazem estudos, pesquisas e relatos de experiência sobre gestão e curadoria de dados de pesquisa e capacitação de bibliotecários para atuar nesse novo nicho de trabalho. Os resultados evidenciam que ainda são poucos os artigos recuperados na base que mencionam de forma explícita o termo bibliotecário de dados, embora existam muitos estudos sobre gestão de dados e curadoria. Foram encontrados poucos documentos que tenham explicitado os sintagmas gestor de dados e curador de dados. A revisão mostrou que nos Estados Unidos e na Europa, as discussões e ações dos bibliotecários atuando como curadores e gestores de dados de pesquisa já estão bem avançadas, diferentemente da realidade brasileira e de outros países da América Latina. Por outro lado, nos Estados Unidos e na Europa, as políticas e estratégias de acesso aberto foram bastante lentas em relação aos países da América Latina, onde o Brasil é pioneiro e tem tido participação ativa no movimento de acesso aberto. Conclui-se que o bibliotecário pode assumir uma nova configuração em sua atuação, como especialista em documentação e informação, especialista em dados e na criação de repositórios, além de mostrar experiências na descrição de dados e na implantação de serviços de dados e de apoio aos pesquisadores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Juliana Soares Lima, Universidade Federal do Ceará (UFC)

Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação (PPGCI - UFC) na Universidade Federal do Ceará (UFC). Possui graduação em Biblioteconomia pela Universidade Federal do Ceará. Atuou como bibliotecária na Universidade Federal do Ceará (Instituto UFC Virtual), no projeto da UFC voltado para a formação do acervo dos polos da Universidade Aberta (UAB) e em curso de educação a distância como Tutora voltado para a formação de auxiliar de biblioteca. Atuou como estagiária na Procuradoria Geral do Município de Fortaleza em auxílio à pesquisa de legislação municipal e federal e atendimento ao público da área jurídica. Atuou nas Bibliotecas do Centro Universitário Christus - Unichristus além de ter exercido a função de Secretária Editorial da revista Journal of Health & Biological Sciences - JHBS na referida instituição. Atualmente, é Bibliotecária da Universidade Federal do Ceará. Atua ainda como Secretária Editorial da Revista Informação em Pauta do Departamento de Ciência da Informação da UFC. Bibliotecária certificada e Mendeley Advisor do gerenciador de referências Mendeley (Elsevier). Membro do Grupo de Pesquisa Competência e Mediação em Ambientes de Informação (CMAI), do Departamento de Ciências da Informação (DeCInf) da UFC. Tem experiência na área de Ciência da Informação, com ênfase em Biblioteconomia, atuando principalmente nos seguintes temas: Metodologia da Pesquisa, Normalização de documentos, Editoração, Processo Editorial de Periódicos Científicos, Educação a distância, Acesso Aberto, Gestão de dados de pesquisa, Bibliotecas universitárias, Novas Tecnologias da Informação, Histórias em quadrinhos.

Virgínia Bentes Pinto, Universidade Federal do Ceará (UFC)

Professora Titular da Universidade Federal do Ceará-UFC. Bacharel em Biblioteconomia- Universidade Federal do Ceará. Doutorado em Sciences de l'Information et de la Communication- Institut des Communications et des Média (ICM)- Université Stendhal-Grenoble-3-França (1999). Mestrado em Ciências da Informação pela Universidade Federal de Minas Gerais (1989). Pós-Doutorado em Filosofia-Tratamento cognitivo da informação-Laboratoire de l?Analyse Cognitive de l'Information (LANCI)- Université du Quebec à Montreal- (2006). Estágio Pós- Doutoral no Instituto de Linguistica Aplicada (IULA) da Universidad Pompeu Fabra- Barcelona. Estágio Pós-Doutoral em Direito e Genoma na Cátedra Interuniversitária de Derecho y Genoma Humano- Universidad de Deusto- País Basco (2013). Colaboradora do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade Federal da Paraíba. Ex-Professora Mestrado Profissional em Políticas Públicas e Gestão da Educação Superior (POLEDUC) e do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação das Universidades Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Ex-Coordenadora do Doutorado Interinstitucional em Ciência da Informação- UNESP-CI-Marilia/UFC-DCINF. Pesquisadora -CNPq. Líder do Grupo sobre Representação da Informação- certificado pela-UFC. Vice Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade Federal do Ceará. Especialização em Informação Tecnológica-Universidade Federal de Santa Catarina (1985). Aperfeiçoamento em Informação Agrícola- Instituto Brasileiro de Informação Cientifica e Tecnológica (IBICT). Áreas de interesse: Tratamento Cognitivo da Informação, Representação Indexal de textos verbais e não-verbais (imagens, sons), Representação do Conhecimento, Tecnologias Digitais de Informação e de Comunicação, Informação para a Saúde, Documentação sanitária, Terminologias na área da Saúde, Gerenciamento Eletrônico de Documentos, Ontologias, Bibliometria, Linguagem Natural e Controlada, Epistemologia da Ciência da Informação, Metodologia da Pesquisa, Leitura e Biblioterapia, Gestão da Informação e do Conhecimento e ontologias. Presidente da Comissão Permanente de Avaliação de Documentos (CPAD)- UFC. Membro da Comissão da Verdade da Universidade Federal do Ceará. Conjuntamente com a Profa. Ana Maria Sá, foi idealizadora e colocou em prática o PROLER-CE, tendo sido sua primeira coordenadora. Também idealizou e colocou em prática o projeto Biblioterapia no Bloco de Oncologia do Hospital Albert Sabin e na Casa da Criança. Conjuntamente com a Profa. Juliana Buse, elaborou o Projeto do Portal de Periódicos Científicos da UFC. É Membro do Comitê Gestor do Serviço Eletrônico de Informação (SEI)- UFC. Tem livros e artigos publicados no campo da Ciência da Informação e da Biblioteconomia. Orienta alunos de graduação e pós-graduação. Possui experiência nas áreas de Ciência da Informação e da Biblioteconomia, atuando em bibliotecas universitárias, públicas, escolares e especializadas. PQ-CNPq.

Maria Giovanna Guedes Farias, Universidade Federal do Ceará (UFC)

Doutora em Ciência da Informação pelo Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade Federal da Bahia (PPGCI/UFBA), com período sanduíche na Università della Calabria (Unical) na Itália, fomentado pela Capes. Mestre em Ciência da Informação pelo Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação pela Universidade Federal da Paraíba (PPGCI/UFPB). Graduada em Comunicação Social (Habilitação: Jornalismo) pela Universidade Estadual da Paraíba (UEPB). Curso de especialização em Marketing e Novas Mídias promovido pelo Umweltzentrum des Handwerkskammer Trier - Alemanha. Atualmente é Professora do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação e do Departamento de Ciências da Informação da Universidade Federal do Ceará. Líder do Grupo de Pesquisa Competência e Mediação em Ambientes de Informação/UFC. Integra o Grupo de Pesquisa Núcleo de Estudos em Mediação, Apropriação e Gestão da Informação e do Conhecimento/UFS, e tem experiência nas áreas de Mediação da Informação, Competência em informação, Serviços de Informação, Assessoria de Imprensa e Redação de Revistas e Jornais. Editora do periódico científico Informação em Pauta.

Downloads

Publicado

2020-09-16

Como Citar

LIMA, J. S.; PINTO, V. B.; FARIAS, M. G. G. O bibliotecário na gestão de dados de pesquisa: uma revisão sistemática. Em Questão, Porto Alegre, v. 26, n. 3, p. 43–69, 2020. DOI: 10.19132/1808-5245263.43-69. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/EmQuestao/article/view/90551. Acesso em: 3 jul. 2022.

Edição

Seção

Artigos