O (des)interesse no amor romântico em tempos de aplicativos de paquera

Ricardo Fernandes, Patrícia Rakel De Castro Sena

Resumo


O impacto dos aplicativos de paquera na vida de seus usuários orientou o entendimento de que a solidez, a segurança e a monogamia, valores basilares do amor romântico, fragmentaram-se frente às mudanças tecnológicas e à individualização desenfreada. A proposta deste artigo funda-se em explorar o desinteresse de usuários desses aplicativos em relações duradouras. Para tal, foi feita uma análise de conteúdo dos comentários feitos na campanha “Seu amor de verdade” na fanpage do aplicativo “Par Perfeito” no Facebook. Como mediadores de interesses individuais, o estudo revelou que os usuários manifestam um interesse velado na busca dessa modalidade de relacionamento através de reclamações ou lamentações.


Palavras-chave


Desinteresse. Amor romântico. Análise de conteúdo. Par Perfeito. Facebook.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.19132/1807-858320190.146-163



Intexto | E-ISSN 1807-8583 | Facebook | Google Scholar 

Classificação Qualis: B1 - Comunicação, Informação, História, Letras/Linguística  | B2 - Psicologia | B3 - Ciência Política e Relações Internacionais, Arquitetura, Urbanismo e Design, Ciências Ambientais, Interdisciplinar | B4 - Sociologia. 

Programa de Pós-graduação em Comunicação | Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Rua Ramiro Barcelos, 2705 sala 519 - Porto Alegre, RS, Brasil | E-mail: Intexto @ufrgs.br

Membro Associação Brasileira de Editores Científicos 

Signatária DORA (San Francisco Declaration on Research Assessment)