Educação a Distância no Ministério Público: o cenário brasileiro e o caso de São Paulo

Autores

  • Izilda Maria Nardocci Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP), São Paulo/SP
  • José Roberto Porto de Andrade Júnior Universidade de São Paulo (USP), São Paulo/SP

Palavras-chave:

Educação a Distância, Abordagem Pedagógica, Ministério Público Brasileiro, Ministério Público de São Paulo

Resumo

O objetivo principal deste artigo é analisar o desenvolvimento das atividades de educação a distância no Ministério Público. São utilizados técnicas e materiais de pesquisa qualitativos e quantitativos e, entre os dados discutidos, destacam-se aqueles resultantes de uma pesquisa survey realizada com todas as escolas institucionais de Ministério Público do Brasil sobre a temática e aqueles referentes ao Ministério Público de São Paulo, extraídos dos bancos da instituição, que trabalha com a modalidade a distância desde 2008. Conclui-se que há grande heterogeneidade no Ministério Público em relação à educação a distância e que um dos destaques do Ministério Público de São Paulo vincula-se à abordagem pedagógica utilizada.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Izilda Maria Nardocci, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP), São Paulo/SP

Izilda Maria Nordocci é doutora em língua portuguesa pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP), com especialização em tecnologias aplicadas à educação pela PUC/SP. Professora do Departamento de Português da PUC/SP e pedagoga da Escola Superior do Ministério Público de São Paulo, com atuação no planejamento pedagógico dos cursos online a distância.

José Roberto Porto de Andrade Júnior, Universidade de São Paulo (USP), São Paulo/SP

José Roberto Porto de Andrade Júnior é professor assistente da Universidade Federal de Alfenas (Unifal). Doutorando em Sociologia pela Universidade de São Paulo (USP). Mestre em Direito pela Universidade Estadual Paulista (UNESP), com período sanduíche na École des Hautes Études en Sciences Sociales (EHESS). Autor do livro Onde Tem Fumaça Tem Fogo: as lutas pela eliminação da queima da cana-de-açúcar no estado de São Paulo, pela Editora FAP‒UNIFESP (2016) e coorganizador do livro O Agrário e o Ambiental no Século XXI: estudos e reflexões sobre a reforma agrária, pela Editora CRV (2013). 

Publicado

2018-02-27

Como Citar

Nardocci, I. M., & Andrade Júnior, J. R. P. de. (2018). Educação a Distância no Ministério Público: o cenário brasileiro e o caso de São Paulo. Educação &Amp; Realidade, 43(2). Recuperado de https://seer.ufrgs.br/index.php/educacaoerealidade/article/view/65511

Edição

Seção

Artigos