Análise das relações das variáveis logísticas com a organização e estratégia das empresas de construção

Autores

  • Sofia Gauginski Maia Universidade Tecnológica Federal do Paraná
  • Alfredo Iarozinski Neto Universidade Tecnológica Federal do Paraná
  • Sergio Eduardo Gouvea da Costa PUC-PR
  • Cezar Augusto Romano Universidade Tecnológica Federal do Paraná

Palavras-chave:

Logística na construção civil, Suprimentos, Gestão de empresas, Características organizacionais, Estratégia

Resumo

A necessidade de construir de forma eficiente, com prazos curtos e com menos custos, é uma das características para as construtoras sobreviverem num mercado cada vez mais competitivo. Devido à importância da logística na organização, o presente artigo tem como objetivo entender como os mecanismos das variáveis relacionadas à logística afetam o funcionamento de uma organização e impactam a estratégia das empresas de construção. Para tanto foi desenvolvido um estudo aplicado, descritivo, de natureza quantitativa e tempo transversal. Como procedimento principal foi escolhido o método Survey com análise de correlação entre as variáveis com base no Método da Matriz de Impacto Cruzado – Multiplicação Aplicada a uma Classificação (Micmac). Os resultados mostraram que as organizações têm predisposição a contratos de parcerias, com busca de informações junto aos fornecedores e frequentes ações conjuntas para a redução dos prazos de execução. Também procuram ter uma relação mais próxima com os clientes. Os resultados da pesquisa indicam ainda que a logística tem pouca influência na dinâmica do sistema e que as variáveis estratégicas se destacam como um papel importante no processo de desenvolvimento da empresa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sofia Gauginski Maia, Universidade Tecnológica Federal do Paraná

Engenharia Civil

Downloads

Publicado

2019-10-04

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)