Método para a avaliação técnica da qualidade pós-ocupação de áreas de uso comum de habitações de interesse social

Autores

  • Pablo Andrés Rangel Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Carlos Torres Formoso Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Luciana Inês Gomes Miron Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Márcia Elisa Soares Echeveste Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Palavras-chave:

Áreas comuns, Habitação de interesse social, Avaliação da qualidade.

Resumo

Diversos programas habitacionais foram concebidos e implementados nas últimas décadas no Brasil, com o objetivo de reduzir o déficit habitacional. Apesar dos esforços para o desenvolvimento de habitação social, uma parcela substancial de empreendimentos tem apresentado falhas de qualidade ao longo da etapa de uso, as quais representam custos para a sociedade. Pesquisas anteriores têm concentrado suas avaliações nas unidades habitacionais, deixando como lacuna a avaliação dos espaços coletivos dos empreendimentos habitacionais de interesse social (EHIS). O presente trabalho propõe um método para a avaliação da qualidade das áreas de uso comum de EHIS. Por meio da abordagem metodológica Design Science Research, foram propostas ferramentas de coleta de dados e métricas para manifestações patológicas e não conformidades em áreas de uso comum. O método considera requisitos de normas técnicas relacionadas ao desempenho de edificações e acessibilidade, e delimita a avaliação a três elementos construtivos: fachadas de edifícios, calçadas e estacionamento, e áreas de circulação interna dos edifícios. O método foi testado em uma amostra de 10 EHIS na Região Metropolitana de Porto Alegre, RS, Brasil. A principal contribuição do trabalho está no desenvolvimento desse método para a avaliação pós-ocupação de áreas comuns, que permite a avaliação da qualidade técnica de forma rápida e padronizada.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Pablo Andrés Rangel, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Possui graduação em Engenharia Civil pela Universidad Industrial de Santander (2009). Mestre em Engenharia Civil: Construção e Infraestrutura, na especialidade de Gestão e Economia da Construção pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2017). Experiente na área de Gerenciamento da Construção, com ênfase no planejamento, na coordenação e na execução de projetos habitacionais e comerciais e na gestão das equipes profissionais e de pessoal nas diferentes etapas de projeto. Foi pesquisador no Projeto CANTECHIS: Tecnologias para Canteiro de Obras Sustentável de Habitações de Interesse Social (HIS) especificamente no SUBPROJETO 3 - SPEMP: Desenvolvimento de Soluções para Redução da Emissão de Materiais Particulados em Canteiros de Obras, financiado pela FINEP. Idôneo no atendimento de especificações de desempenho e no controle de qualidade aplicável às edificações habitacionais. Com conhecimento na implementação de sistema de planejamento e controle da produção por meio de ferramentas e diretrizes baseadas na Construção Enxuta e com habilidade na coordenação, no acompanhamento e na fiscalização de processos construtivos por meio do Sistema Lean Construction. Com capacidade na aplicação do modelo BIM (Building Information Modeling) em projetos construtivos.

Carlos Torres Formoso, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Possui graduação em Engenharia Civil pela UFRGS (1980), mestrado em Engenharia Civil pela UFRGS (1986) e Ph.D. pela University of Salford (1991). Fez pós-doutorado na Universidade da Califórnia, Berkeley, EUA (1999-2000). Foi professor visitante em diversas instituições de ensino e pesquisa no exterior, incluindo o Norwegian Building Research Institute (Noruega), ESPE (Equador), Strathclyde University (UK), University of Salford (UK), University of Agder (Noruega).e University of Huddersfield (UK), É Professor Titular da UFRGS e coordenador do Grupo de Gestão e Economia da Construção do Núcleo Orientado para a Inovação da Edificação (NORIE). É coordenador e docente permanente do Programa de Pos-Graduação em Engenharia Civil: Construção e Infraestrutura (PPGCI) da UFRGS. Faz parte do Conselho Editorial de seis revistas científicas internacionais. Tem atuado como consultor ad hoc da FINEP, FAPESP, CAPES, CNPq, CYTED, entre outras agências de fomento. Atua na área de gerenciamento na construção civil, principalmente nos seguintes temas: projeto e gestão de sistemas de produção, produção enxuta (lean production), gestão da segurança do trabalho, aprendizagem organizacional, medição de desempenho de empresas e empreendimentos de construção, habitação de interesse social e gestão do processo de desenvolvimento do produto.

Luciana Inês Gomes Miron, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Possui graduação em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1994), mestrado em Programa de Pós Graduação Em Engenharia Civil pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2002) e doutorado em Programa de Pós Graduação em Engenharia Civil pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2008). Professora Associada do Departamento de Arquitetura (desde 2006) e do Programa de Pós-Gradução em Planejamento Urbano e Regional da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (desde 2011). Professor visitante - Universidad de la Republica Uruguay (2008 a 2013). Pós-Doutorado (2014-2015) pela University of Huddersfield/UK sob orientação de Lauri Koskela. Tem experiência na área de Planejamento Urbano e Regional atuando principalmente nos seguintes temas: gestão do processo de projeto, gerenciamento dos requisitos do cliente, avaliação de empreendimentos habitacionais de interesse social, gestão e desenvolvimento de projetos urbanos, percepção de valor no ambiente construído e qualidade de vida urbana.

Márcia Elisa Soares Echeveste, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Graduada em Estatística pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, mestrado em Engenharia de Produção pela UFRGS (1997) e doutorado em Engenharia de Produção pela UFRGS (2003). Concluiu Pós-doutorado em Desenvolvimento de Produtos na EESC-USP (2005) e Pesquisador Visitante na Universidade de Pittsburgh, na Pensilvania, USA, 2015. Professor associado da Universidade Federal do Rio Grande do Sul atuando na graduação no Departamento de Estatística e no Pós-graduação na Engenharia de Produção. Referee das Revistas Produto e Produção (ABEPRO) e Produção (USP). Tem experiência na área de Engenharia de Produção, com ênfase em Engenharia da Qualidade, atuando principalmente nos seguintes temas: qualidade, análise estatística, controle estatístico da qualidade, desenvolvimento de produto, pesquisa quantitativa, lean product development e lean startup. 

Downloads

Publicado

2019-12-10

Edição

Seção

Gestão e Economia da Construção

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

> >>