Utilização do valor agregado como ferramenta de gestão na construção civil: uma análise quantitativa

Autores

  • Joaquim Teixeira Netto UFF
  • Nylandir Liberato Fernandes de Oliveira UFF
  • andrey Pimentel Aleluia Freitas UFF
  • João Alberto Neves dos Santos UFF

Palavras-chave:

Indicador de valor agregado, indicadores de desempenho, EVM, desempenho da construção civil, gestão de projetos

Resumo

O monitoramento do desempenho de projetos por meio de indicadores é um recurso de gestão de grande importância para as organizações, sendo amplamente utilizado o Earned Value Management (EVM). Entretanto, há poucas pesquisas quantitativas que comparam o modelo teórico do valor agregado com a utilização prática na indústria da construção civil no Brasil. Outrossim, alguns autores argumentam que a fundamentação teórica do EVM é utilizada de forma equivocada na construção civil. O presente artigo tem como objetivos principais verificar se os usuários identificam benefícios na utilização do EVM e analisar os fatores críticos de sucesso, limitações e a utilização de acordo com o perfil dos usuários por meio de uma pesquisa quantitativa. A pesquisa foi realizada por meio de questionário do tipo Survey disponibilizado pela internet, tendo tido 106 respondentes entre gerentes e técnicos de planejamento da construção civil. Foi verificado que os dados obtidos na pesquisa se mostraram satisfatórios e validados, com estatísticas adequadas de Alfa de Cronbach e testes de análise fatorial de Kaiser-Meyer-Olkin. Os resultados demonstraram que os respondentes identificaram benefícios na utilização do EVM, apesar de ainda utilizarem o valor agregado de maneira parcial.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Joaquim Teixeira Netto, UFF

Doutorando Eng. Civil

Nylandir Liberato Fernandes de Oliveira, UFF

Doutorando Eng. Civil

andrey Pimentel Aleluia Freitas, UFF

Doutorando Eng. Civil

João Alberto Neves dos Santos, UFF

Doutor Engenharia Civil

Downloads

Publicado

2018-10-16