Parâmetros de moagem e caracterização de resíduos sólidos para aplicação como materiais cimentícios suplementares

Autores

  • Ana Rita Damasceno Costa Universidade Federal da Bahia
  • Jardel Pereira Gonçalves Universidade Federal da Bahia

Palavras-chave:

Moagem, Resíduo de mármore, Resíduo de porcelanato, Resíduo de bloco cerâmico, Fosfogesso, Materiais cimentícios suplementares.

Resumo

Embora a utilização de matérias-primas residuais como materiais cimentícios suplementares (MCS) seja uma temática crescente na literatura, o processo de beneficiamento por moagem e seus parâmetros ainda são pouco explorados e apresentados. Nesse contexto, o presente estudo visa avaliar os parâmetros de moagem para o beneficiamento dos resíduos de mármore, porcelanato, bloco cerâmico e fosfogesso para reciclagem como MCS. As matérias-primas foram beneficiadas por britagem, peneiramento e moagem em um moinho planetário de bolas variando os parâmetros de tempo e velocidade de rotação. Os resíduos foram caracterizados por picnometria, DSC, área superficial específica BET, FRX, TG e DRX/Rietveld. Os resíduos com composição mineralógica de fases formadas em temperaturas mais elevadas estão associados a maior demanda de energia específica de moagem e menores índices de moabilidade. O RM apresenta composição mineralógica semelhante ao do calcário comercial e o FG pode ser uma alternativa à gipsita natural em materiais cimentícios. O RBC e RP apresentam potencial de uso como MCS em substituição às argilas naturais calcinadas, embora o RP demande maior energia durante o beneficiamento por moagem.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Rita Damasceno Costa, Universidade Federal da Bahia

Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil (PPEC) pela Universidade Federal da Bahia, engenheira civil e mestra pela mesma instituição, com intercâmbio acadêmico pelo Ciências sem Fronteiras (graduação sanduíche 2015-2016) na Technische Universität Kaiserslautern (Alemanha). Possui experiência em laboratório na produção de cimentos alternativos e análise do seu desempenho, com enfoque na reutilização de resíduos, modelagem termodinâmica da composição e redução de impactos ambientais.

Jardel Pereira Gonçalves, Universidade Federal da Bahia

Possui graduação em Engenharia Civil pela Universidade Estadual de Feira de Santana (1998), mestrado em Engenharia Civil pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2000) e doutorado em Engenharia Civil pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2005). Atualmente é professor associado da Escola Politécnica - Departamento de Construção e Estruturas da Universidade Federal da Bahia. Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Energia e Ambiente (UFBA) e Professor Permanente do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil (UFBA). Tem experiência na área de Engenharia Civil atuando principalmente nos seguintes temas: materiais e construção civil, tecnologia da construção, sistemas construtivos, materiais cimentíceos, cimentos ecoeficientes, nanotecnologia e novos materiais, infraestruturta para engenharia de petróleo, pastas de cimentação, meio ambiente e aproveitamento de resíduos sólidos.

Publicado

2022-09-12

Edição

Seção

Edição Especial sobre Aproveitamento de Resíduos na Construção

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)