PRÁTICA ESPORTIVA, CULTURA E POLÍTICA - DIÁLOGOS POSSÍVEIS ENTRE OS ESTUDOS DO ESPORTE, OS ESTUDOS AFRICANOS E OS ESTUDOS PÓS-COLONIAIS

Autores

  • Victor Andrade Melo UFRJ

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-8918.17510

Palavras-chave:

Esportes. História do Século XX. África. Colonialismo. Cultura.

Resumo

Esse artigo objetiva discutir possíveis diálogos entreos estudos do esporte, os estudos africanos e os estudospós-coloniais. O intuito é levantar possibilidades deinvestigação e chamar a atenção para novas temáticas. Aofinal, conclui-se que considerar o debate apresentado pareceser uma interessante alternativa para preencher uma lacunaem nossa produção, para lançar novos olhares tanto sobre oesporte quanto sobre a África, bem como sobre a própriahistória brasileira, até mesmo sobre o que hoje chamamosimprecisamente e sempre cercada de polêmicas, de lusofonia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Victor Andrade Melo, UFRJ

É professor associado 4 da Universidade Federal do Rio de Janeiro, onde atua no Programa de Pós-Graduação em História Comparada/Instituto de História e no Programa de Pós-Graduação em Educação, da Faculdade de Educação, onde também leciona na graduação. É professor do Programa de Pós-Graduação em Estudos do Lazer/Universidade Federal de Minas Gerais. Realizou estudos de pós-doutorado em Teoria Crítica da Cultura, na Universidade Federal do Rio de Janeiro (sob supervisão de Heloísa Buarque de Hollanda); em História Social, na Universidade Federal Fluminense (sob supervisão de Daniel Aarão Reis); e em Educação, na Universidade Federal de Santa Catarina (sob supervisão de Alexandre Vaz). É bolsista de Produtividade de Pesquisa desde 2003 (atualmente nível 1D; 2014-2018). Foi agraciado em duas oportunidades com o auxílio Cientista de Nosso Estado/Faperj (2013-2016; 2017-2019), depois de ter sido por duas vezes Jovem Cientista do Nosso Estado/Faperj (2003-2005; 2009/2011). É coordenador do ?Sport?: Laboratório de História do Esporte e do Lazer (www.sport.historia.ufrj.br) e membro do Laboratório de Estudos da Educação do Corpo (Labec/UFRJ). Já coordenou projetos de caráter internacional (com recursos do Programa Prosul/CNPq, com países da América do Sul, e do Programa CPLP/CNPq, com países da África). Foi dirigente de entidades científicas nacionais (Colégio Brasileiro de Ciências do Esporte e Associação Brasileira de Pesquisa e Pós-Graduação em Estudos do Lazer) e internacionais (Red Iberoamericana de Animación Sociocultural e Fórum Permanente de Tiempo Libre y Recreación). As ênfases das suas pesquisas são: História do Esporte, da Educação Física, do Lazer e das Práticas Corporais; História da Educação; Estudos do Lazer e da Animação Cultural; e Estudos Culturais.

Downloads

Publicado

2011-05-15

Como Citar

MELO, V. A. PRÁTICA ESPORTIVA, CULTURA E POLÍTICA - DIÁLOGOS POSSÍVEIS ENTRE OS ESTUDOS DO ESPORTE, OS ESTUDOS AFRICANOS E OS ESTUDOS PÓS-COLONIAIS. Movimento, [S. l.], v. 17, n. 2, p. 155–173, 2011. DOI: 10.22456/1982-8918.17510. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/17510. Acesso em: 15 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos Originais