Noologia do Currículo: vagamundo, o problemático, e assentado, o resolvido

Sandra Mara Corazza

Resumo


E se, pensando, no meio Deleuze, nos dedicássemos a uma noologia do currículo? Não nos voltaríamos, então, aos conteúdos ou à ideologia do pensamento curricular, mas, do ponto de vista de uma teoria geral do pensamento, à forma e à função desse pensamento segundo o espaço mental que ele traça. Alguém diria que esse estudo noológico não tem qualquer importância. No entanto, atenção, pode acontecer que quanto menos levarmos a sério uma teoria do pensamento do currículo, mais pensaremos de acordo com o que quer o dogmatismo de um currículo-Assentado e menos com o que deseja um currículo-Vagamundo. De modo que isso tudo tem efeitos em nossas vidas...

Palavras-chave


Noologia, currículo, Deleuze.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais

Educação & Realidade - ISSN 0100-3143 (impresso) e 2175-6236 (online)

 

Licença Creative Commons
Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

 

Apoio e Indexação:

LATINDEX

 

Crossref Similarity Check logo