CONTEXTOS E SITUAÇÕES DE APRENDIZAGEM DE TREINADORES DE HANDEBOL EM ÂMBITO ESCOLAR

Felipe Modolo, Mayara Gonçalves Madeira, Walmir Romário dos Santos, Marcos de Paula D'Almeida, Rafael Pombo Menezes

Resumo


O objetivo desta pesquisa foi analisar a formação de treinadores de handebol de âmbito escolar, bem como identificar os contextos e situações de aprendizagem preferidos por eles. Para isso foram entrevistados 11 treinadores de âmbito escolar de um município do Estado de São Paulo. O instrumento de entrevista semiestruturada abrangeu duas questões principais: uma relacionada à formação acadêmica (graduação e pós-graduação) e outra referente aos diferentes contextos de aprendizagem. Os entrevistados relataram que a graduação cumpre um importante papel na formação, porém insuficiente para o domínio dos conteúdos específicos inerentes ao seu contexto de atuação. Considerando os contextos de aprendizagem os treinadores apontam preferência pelas fontes provenientes do contexto informal (como as experiências como atleta, as conversas com outros treinadores e os materiais disponíveis na internet), ao passo que apontam o contexto não formal como pouco relevante para a atuação.

 


Palavras-chave


Treinador. Esportes. Aprendizagem. Conhecimento.

Texto completo:

PDF-POR


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.71699

Direitos autorais 2017 Movimento (ESEFID/UFRGS)




Movimento

Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                            

 

Apoio

 

        

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment