Framework conceitual para o desenvolvimento de Curadoria Digital para pessoas com baixa visão

Kettuly Costa Machado, William Barbosa Vianna, Ana Clara Cândido

Resumo


O objetivo deste estudo foi propor um framework conceitual para o desenvolvimento de Curadoria Digital para pessoas com baixa visão. Os procedimentos metodológicos abrangem duas etapas principais: a aplicação da ferramenta Proknow-C, para a análise do portfólio bibliográfico, e a consulta a um grupo de especialistas, no âmbito teórico e prático, sobre o tema de Curadoria Digital.  A partir da convergência da literatura e da percepção dos especialistas consultados, foram identificados os objetos digitais que compõem o contexto informacional. O embasamento teórico possibilitou o desenvolvimento da proposta de um framework conceitual e do exercício de aplicação com a finalidade de demonstrar o seu funcionamento. Por fim, o framework conceitual desenvolvido pode contribuir como suporte aos profissionais que trabalham com a informação digital nos processos de tratamento de um objeto digital e, consequentemente, auxilia os profissionais da gestão da informação.


Palavras-chave


Gestão da informação. Framework conceitual. Curadoria digital. Objeto digital. Pessoas com baixa visão.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.19132/1808-5245243.275-296



Em Questão | ISSN 1808-5245 | EQ no Facebook | EQ no Google Scholar

Classificação Qualis: A2 - Comunicação e Informação; B2 - Ciências Ambientais; B3 - Administração, Ciências Contábeis e Turismo; B4 - Sociologia; B5 - Engenharias I.

Programa de Pós-graduação em Comunicação  | Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Rua Ramiro Barcelos, 2705, sala 519 | CEP 90035-007 | Porto Alegre, RS, Brasil | Fone: (51) 3308 2141| E-mail: emquestao @ufrgs.br 

Membro da Associação Brasileira de Editores Científicos 

Signatária do San Francisco Declaration on Research Assessment (DORA)