A pós-verdade como desafio central para a ciência da informação contemporânea

Autores

DOI:

https://doi.org/10.19132/1808-5245271.13-29

Palavras-chave:

Pós-verdade. Epistemologia da Ciência da Informação. Informações falsas.

Resumo

Neste artigo são apresentados os resultados de uma pesquisa sobre o fenômeno da pós-verdade e suas implicações para a ciência da informação enquanto um objeto de estudo. São apresentadas diferentes visões sobre o fenômeno: as que o enquadram na perspectiva de um fenômeno cultural ou político, e as que o correlacionam a outros fenômenos ou fatores. A seguir, apresenta-se a maneira como a ciência da informação definiu, historicamente, seus objetos de pesquisa, bem como as teorias e métodos para os estudar. Do confronto entre as duas discussões, propõe-se a necessidade de adaptações no âmbito da ciência da informação, para o desenvolvimento de categorias de análise que possam estudar de maneira adequada o fenômeno da pós-verdade: não como um problema tecnológico ou humano, mas como um processo da ordem da cultura.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carlos Alberto Ávila Araújo, Universidade Federal de Minas Gerais

Professor associado da Escola de Ciência da Informação da Universidade Federal de Minas Gerais. Jornalista, mestre em Comunicação Social e doutor em Ciência da Informação.

Downloads

Publicado

2020-12-22

Como Citar

ARAÚJO, C. A. Ávila. A pós-verdade como desafio central para a ciência da informação contemporânea. Em Questão, Porto Alegre, v. 27, n. 1, p. 13–29, 2020. DOI: 10.19132/1808-5245271.13-29. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/EmQuestao/article/view/101666. Acesso em: 19 maio. 2022.

Edição

Seção

Artigos