Ocupações dos secundaristas do RS: tensões culturais e reconfigurações comunicativas

Autores

  • Caio Ramos da Silva Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Danielle Miranda da Silva Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Nísia Martins do Rosário Universidade Federal do Rio Grande do Sul

DOI:

https://doi.org/10.19132/1807-8583201637.193-214

Palavras-chave:

Semiótica da cultura. Ocupações. Secundaristas no RS. Fronteiras Semióticas. Semioses da horizontalidade. Midiativismo.

Resumo

O estudo apresenta reflexões sobre o movimento das ocupações das escolas secundaristas do Rio Grande do Sul (RS), com o objetivo de caracterizá-lo enquanto objeto semiótico. Essa proposta vincula-se ao entendimento dessa mobilização como fenômeno cultural, e enquanto tal, será guiada à luz dos conceitos da Semiótica da Cultura. Para tanto, foi realizada a ida a campo, inspirada na observação etnográfica, e guiada por categorias em busca de traços culturais na ocupação da Escola Estadual Padre Réus, em Porto Alegre. Além disso, realizou-se o rastreio em meio ao campo da pesquisa documental em relatos dispersos nas redes sociais e fontes como imprensa e mídias ativistas fora dos espaços tradicionais. Nesta articulação, destacam-se as potencialidades das semioses das ocupações ao colocarem em prática novos processos e linguagens de resistência e invenção, operando nas fronteiras do conceito de horizontalidade e avançando de forma efetiva na reconfiguração de possibilidades de novas formações comunicacionais. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Caio Ramos da Silva, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Mestrando na linha de Cultura e Significação do PPGCOM UFRGS. Possui graduação em Comunicação Social - Publicidade pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2012) e graduação em Filosofia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2005). Integrante do grupo de pesquisa registrado no CNPq GPESC (Grupo de Pesquisa Semiótica e Comunicação).

Danielle Miranda da Silva, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Mestre em Comunicação e Informação pela UFRGS, membro do Grupo de Pesquisa GPESC - Semióticas e Cultura da Comunicação - e integrante da pesquisa Corpos em Explosão, em andamento no Programa de Pós Graduação em Comunicação e Informação da UFRGS. Tem experiência acadêmica e profissional na área de Comunicação, com ênfase em marketing, posicionamento estratégico de marca, gestão e desenvolvimento de produto, comunicação e cultura, comunicação audiovisual, além de experiência na pesquisa e atuação como especialista em comunicação para classes populares. Ministrou a disciplina de Seminário de Cultura e Comunicação para os cursos de graduação em Comunicação Social da UFRGS. No momento, atua no núcleo de Inovação e Linguagem do Grupo RBS. Possui três Prêmios no Expocom Nacional (Intercom); quatro Prêmios Expocom Regional Sul (Intercom Sul) e foi duas vezes premiada no Prêmio SET Universitário da PUCRS. Organizadora das conferências licenciadas pela fundação TED Global: TEDxPorto Alegre (Porto Alegre, RS, 2010) e TEDxValedosVinhedos (Bento Gonçalves, RS, 2011).

Nísia Martins do Rosário, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

É professora e pesquisadora da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, no curso de Comunicação Social e no Programa de Pós Graduação em Comunicação e Informação. Bolsista Produtividade em Pesquisa CNPq. Possui doutorado em Comunicação Social pela PUC/RS (2003), mestrado em Ciências da Comunicação pela Unisinos (1997) e graduação em Comunicação Social - Jornalismo pela mesma instituição. Atualmente é coordenadora do curso de Pós-graduação em Comunicação e Informação PPGCOM/UFRGS, membro dos grupos de pesquisa Gpesc (Grupo de pesquisa semiótica e cultura da comunicação) e Processocom (Processos comunicacionais: epistemologia, midiatização, mediações e recepção ) o qual é organizador da Rede Amlat (Rede Temática ?Comunicação, Cidadania, Educação e Integração na América Latina?). A ênfase de suas investigações é em Comunicação Visual, atuando principalmente nos seguintes temas: corporalidades, imagem, linguagens, semiótica e metodologia.

Downloads

Publicado

2016-12-21

Como Citar

da Silva, C. R., D. M. da Silva, e N. M. do Rosário. “Ocupações Dos Secundaristas Do RS: Tensões Culturais E reconfigurações Comunicativas”. Intexto, nº 37, dezembro de 2016, p. 193-14, doi:10.19132/1807-8583201637.193-214.

Edição

Seção

Artigos