E-Sports, herdeiros de uma tradição

Autores

DOI:

https://doi.org/10.19132/1807-858320190.246-267

Palavras-chave:

Games. E-Sports. Esporte. Competição. Game Studies.

Resumo

Este artigo empreende uma discussão de base histórica acerca do fenômeno do jogo digital competitivo organizado, conhecido popularmente como e-Sport. Seu intuito é prover um referencial teórico que enderece o aspecto híbrido dos e-Sports, considerando que esse faz convergir os campos da Comunicação, Game Studies, Filosofia e Sociologia do Esporte. O artigo, que endereça o e-Sport como legítimo herdeiro de uma tradição esportiva, investiga dois aspectos específicos da prática: (1) uma genealogia que, acreditamos, conecta-os a uma tradição milenar; e (2) uma ontologia que sublinha sua condição experiencial necessariamente midiática.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Tarcízio Macedo, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)

Doutorando em Comunicação e Informação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Mestre em Comunicação, Cultura e Amazônia pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Especialista em Comunicação Científica na Amazônia pelo Núcleo de Altos Estudos Amazônicos (Naea) da UFPA. Bacharel em Comunicação Social, habilitação em Jornalismo, pela mesma instituição. Membro da Rede Nacional de Pesquisa em Jogo e Comunicação (Metagame), co-líder do Laboratório de Pesquisa Midiática na Amazônia (CNPq/UFPA) e pesquisador nos grupos de pesquisa Interações e Tecnologias na Amazônia (UFPA/Unama/CNPq), Comunicação, Consumo e Identidade (UFPA/Unama/CNPq) e do Laboratório de Pesquisa em Inovação e Convergência na Comunicação (UFPA/CNPq).

Thiago Falcão, Universidade Federal do Maranhão (UFMA)

Pós-doutor em Comunicação e Audiovisual pela Universidade Anhembi Morumbi (UAM). Doutor e mestre em Comunicação e Cultura Contemporâneas pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), com bolsa PDSE/Capes na McGill University, em Montreal, no Canadá. Atualmente, é professor do Curso de Jornalismo da Universidade Federal do Maranhão (UFMA) e coordena o Laboratório de Pesquisa em Estética e Entretenimento Digital da UFMA e o Grupo de Pesquisa em Games da Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (Intercom).

Downloads

Publicado

2019-04-18

Como Citar

Macedo, T., e T. Falcão. “E-Sports, Herdeiros De Uma tradição”. Intexto, abril de 2019, p. 246-67, doi:10.19132/1807-858320190.246-267.

Edição

Seção

Artigos