Ecologia e educação estética

Autores

  • Marly Ribeiro Meira Grupo de Pesquisa em Educação e Arte — GEARTE, Porto Alegre/RS, Brasil

DOI:

https://doi.org/10.22456/2357-9854.128562

Palavras-chave:

Educação estética, Ecologia e arte, Contextos micropolíticos, Sensível, Projeto ECOARTE

Resumo

O texto aborda interfaces estéticas que conectam Ecologia e Arte a partir de diferentes pontos de vista acerca da questão do sensível em contextos micropolíticos. Enfoca o projeto ECOARTE com ações que estavam voltadas para uma percepção dos fenômenos que permitiam configurar a região da campanha gaúcha em sua complexa identidade social e cultural. Menciona os desdobramentos e atualizações desse projeto, que tem como principais aportes teóricos os estudos filosóficos de Guattari, sobre o pensamento ecológico como um processo que se configura esteticamente com base em registros mentais, sociais e ambientais; e de Rancière, sobre o sensível. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marly Ribeiro Meira, Grupo de Pesquisa em Educação e Arte — GEARTE, Porto Alegre/RS, Brasil

Doutora em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da Faculdade de Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (PPGEDU/ FACED/UFRGS). Especialização em Artes Plásticas — Suportes Científicos e Práxis (PUCRS) e em Teoria e Crítica da Arte Contemporânea (URCAMP). Graduação em Artes Plásticas pela UFRGS. Professora Titular da URCAMP. Professora aposentada da rede estadual de educação. Ex-Presidente do Conselho de Cultura de Bagé. Ex-Presidente da Associação Gaúcha de Arte-Educação (AGA). Título honorífico de Cidadã Bageense pela Câmara de Vereadores de Bagé (RS).  Artista Plástica e autora de livros e textos vinculando intersubjetividade e política, ecologia, fenomenologia da imagem, teoria do gesto e criação coletiva, educação estética. Colaboradora do Grupo de Pesquisa em Educação e Arte (GEARTE/UFRGS).

Referências

AGAMBEN, Giorgio. O aberto. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2013.

GUATTARI, Félix. As três ecologias. Campinas: Papirus, 1990

MEIRA, Marly. Filosofia da criação: reflexões sobre o sentido do sensível. Porto Alegre: Mediação, 2003.

MARION, Jean-Luc. O visível e o revelado. São Paulo: Loyola, 2010.

NIETSZCHE, Friedrich W. Além do bem e do mal. São Paulo: Companhia das Letras, 1992.

RANCIÈRE, Jacques. A partilha do sensível. São Paulo: Editora 34, 2005.

RANCIÈRE, Jacques. O inconsciente estético. São Paulo: Editora 34, 2009.

Downloads

Publicado

2022-11-18

Como Citar

MEIRA, M. R. . Ecologia e educação estética. Revista GEARTE, [S. l.], v. 9, 2022. DOI: 10.22456/2357-9854.128562. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/gearte/article/view/128562. Acesso em: 3 fev. 2023.

Edição

Seção

Dossiê GEARTE: 25 anos