Brincando com música em um curso de Pedagogia

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22456/2357-9854.117512

Palavras-chave:

Musicalização. Educação musical. Formação musical de pedagogos. Arte na pedagogia e brincadeiras da cultura tradicional da infância.

Resumo

Este artigo apresenta um relato de experiência a respeito de um processo de musicalização desenvolvido no curso de Licenciatura em Pedagogia do Centro Universitário Campo Limpo Paulista. Trata-se de uma proposta de educação musical baseada no conceito de experiência de Jorge Larrosa Bondia, em que as estudantes têm a oportunidade de experienciar brincadeiras da cultura tradicional da infância e criar brincadeiras originais. Observou-se que, por meio do brincar, elas puderam reconhecer o potencial musical e criativo que carregam em si, ter contato com conteúdos musicais e refletir acerca dos modos de se trabalhar com música na Educação Infantil e Anos Iniciais do Ensino Fundamental. Espera-se que este relato, junto do repertório de brincadeiras, do referencial bibliográfico e fonográfico que ele traz, possa incentivar as pedagogas em formação e atuantes a desenvolverem trabalhos com música nas escolas de Educação Básica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Monique Traverzim, Centro Universitário Campo Limpo Paulista — UNIFACCAMP, Campo Limpo Paulista/SP

Professora nos cursos de Licenciatura em Música e Pedagogia do Centro Universitário Campo Limpo Paulista UNIFACCAMP/SP e no programa Sopro Novo Yamaha de iniciação musical.  Flautista no Duo RaZim. Bacharel em Música, Mestre e Doutoranda na Universidade Estadual Paulista. Especialista em Educação Musical pela Faculdade de Música Carlos Gomes. Membro do Grupo de Pesquisa em Educação Musical G-PEM/IA/UNESP e no de Arte/Educação (GPAE/UNIFACCAMP).

Referências

ABRA A RODA TIN DÔ LÊ LÊ [Compositor e intérprete]: Lydia Hortélio. São Paulo: Brincante Produções Artísticas Ltda, 2020. 1 CD.

ADORNO, Theodor W. & HORKHEIMER, Max. Dialética do Esclarecimento: Fragmentos filosóficos. Trad.: Guido Antonio de Almeida. Rio de Janeiro: Zahar, 1986.

AGUIAR, Joaquim Alves de. Música popular e indústria cultural. 1989. 196f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Estudos da Linguagem. Campinas, SP: 1989. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/269567>. Acesso em: 13 jul. 2018.

ALMEIDA, M. Berenice de; PUCCI, Magda D. Outras terras, outros sons. São Paulo: Callis, 2002.

AZEVEDO, Heloisa Helena Oliveira de. Educação infantil e formação de professores: para além da separação cuidar-educar. São Paulo: Editora Unesp, 2013.

BAUMGRATZ, Jacqueline (org.). Rodas e Brincadeiras cantadas. São José dos Campos: Gráfica Modelo, 2004. 1 CD.

BEINEKE, Viviane. Música na Educação Infantil: propostas para a formação integral da criança. São Paulo: Peirópolis, 2003.

BEINEKE, Viviane. Lenga La lenga: jogos de mão e copos. São Paulo: Ciranda Cultural Editora e Distribuidora Ltda., 2006.

BRITO, Teca Alencar de. De roda em roda: brincando e cantando o Brasil. São Paulo: Peirópolis, 2013. 1 CD.

CASCUDO, Luís da Câmara. Dicionário do folclore brasileiro. 11. ed. São Paulo: Global, 2002 [1999].

CASTANHO, Marisa Irene Siqueira. Psicologia da educação e ensino de música: contribuições de Vygotsky. In: LIMA, Sonia Regina Albano (org.). Ensino, Música e Interdisciplinaridade. 4. ed. São Paulo: BT Acadêmica, 2019. p. 265-292.

CORREA, Aruna Noal. Não há como estar em uma sala de aula de educação infantil sem brincar sonoramente com as crianças: a formação musical e pedagógico-musical de professores. In: BELLOCHIO, Cláudia Ribeiro;

GARBOSA, Luciane W. F. Educação musical e pedagogia: pesquisas, escutas e ações. Campinas: Mercado de Letras, 2014.

FERREIRA, Aurélio B. de H. Novo Dicionário Eletrônico Aurélio. 4. ed. versão eletrônica 6.1. Curitiba: Editora Positivo, 2008.

GAINZA, Violeta Hemsy de. Fundamentos, materiales y otras técnicas de la educación musical. Buenos Aires: Melos, 2010.

GAINZA, Violeta Hemsy de. La iniciación musical del niño. 1. ed. 1. reimp. Buenos Aires: Melos Ediciones Musicales S.A., 2009.

GARCIA, Rose Marie Reis. Brincadeiras cantadas. Porto Alegre: Kuarup, 2001.

GIGA, Idalete. A educação vocal da criança. Música, Psicologia e Educação, Porto, n. 6, p. 69-80, 2004. Disponível em: <http://hdl.handle.net/10400.22/3153>. Acesso em: 20 abr. 2020.

GIRAFULÔ: Cirandas – Cantigas de Roda. Compositores: Bia Bedran; Toré; José Neto; Tomiake. São Paulo: MCD World Music, 2002. 1CD.

GORDON, Edwin E. Teoria de aprendizagem musical para recém-nascidos e crianças em idade pré-escolar. Trad.: Paulo Maria Rodrigues e Victor Gaspar. 3. ed. rev. e atualizada. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 2000.

GORDON, Edwin E. and APOSTOLI, Andrea. Songs and Chants without Words according to the principles of Music Learning Education. Chicago: GIA Publications, INC., 2015.

LARROSA BONDIA, Jorge. Notas sobre a experiência e o saber de experiência. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, n. 19, p. 20-28, abr. 2002. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-24782002000100003&lng=en&nrm=iso>. Acesso em> 25 abr. 2020.

RHEINBOLDT, Juliana Melleiro. Preparo vocal para coro infantil: análise, descrição e relato da proposta do maestro Henry Leck aplicada ao "Coral da Gente" do Instituto Baccarell. Dissertação (Mestrado) – Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Artes. Campinas: 2014. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/285244>. Acesso em: 20 abr. 2020.

RODRIGUES, Helena; RODRIGUES Paulo Maria. Arte de ser professor: o projecto musical e formativo grande bichofonia. Lisboa: Edições Colibri, 2014.

SÃO PAULO (Estado). Lei Complementar nº 1.146, cria a Aglomeração Urbana de Jundiaí-AU-Jundiaí, e dá providências correlatas. São Paulo, 24 de agosto de 2011. Disponível em: <https://www.al.sp.gov.br/repositorio/legislacao/lei.complementar/2011/lei.complementar-1146-24.08.2011>. Acesso em: 01. abr. 2020.

SCHAFER, R. Murray. O ouvido pensante. Trad.: Marisa Trench de Oliveira Fonterrada, Magda R. G. da Silva, Maria Lúcia Pascoal. São Paulo: Editora UNESP, 1991.

SEKEFF, Maria de Lourdes. Da música, seus usos e recursos. 2. ed. rev. amp. São Paulo: Editora UNESP, 2007.

SILVA, Salatiel. Ciranda de Cantigas: parlendas, quadras, quadras-adivinhas. Sorocaba: Ciranda Cultural, 2002.

SOBREIRA, Silvia e BOECHAT, Bruno. A extensão vocal infantil. In: XXII Congresso Nacional da Associação Brasileira de Educação Musical, 2015, Natal. Anais [...]. Educação Musical: formação humana, ética e produção do conhecimento. Natal: ABEM. s/p. Disponível em: <http://abemeducacaomusical.com.br/conferencias/index.php/xxiicongresso/xxiicongresso/paper/viewFile/1024/421>. Acesso em: 22 abr. 2020.

TRAVERZIM, Monique. A brincadeira da cultura tradicional da infância na formação musical do pedagogo. Dissertação (Mestrado em Música) – Universidade Estadual Paulista, Instituto de Artes. São Paulo: 2015. Disponível em: <http://hdl.handle.net/11449/136661>. Acesso em 22 abr 2020.

Downloads

Publicado

2021-08-08

Como Citar

TRAVERZIM, M. Brincando com música em um curso de Pedagogia. Revista GEARTE, [S. l.], v. 8, n. 2, 2021. DOI: 10.22456/2357-9854.117512. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/gearte/article/view/117512. Acesso em: 7 dez. 2022.

Edição

Seção

Arte na Pedagogia: processos educativos de poetizar, fruir e conhecer arte