Avaliação de uso de parques por meio de protocolos da saúde pública: um estudo comparativo

Autores

  • Geane Talia de Almeida Lopes Universidade Estadual de Londrina
  • Mariana Ragassi Urbano Universidade Estadual de Londrina
  • Adriano Akira Ferreira Hino Pontifícia Universidade Católica do Paraná
  • Milena Kanashiro Universidade Estadual de Londrina

Palavras-chave:

Ambienta Construído, Parques urbanos, iSOPARC, PARA

Resumo

Estudos têm apontado o importante papel dos espaços públicos como suporte para uma vida mais saudável. O objetivo da pesquisa foi verificar a existência de associação entre as configurações espaciais de parques localizados em áreas socioeconômicas distintas com a prática de atividade física. A estratégia metodológica foi a de estudo de caso comparativo em dois parques na cidade de Londrina, PR, a partir do uso dos protocolos Soparc (System for Observing Play and Recreation in Communities) e Para (Physical Activity Resource Assessment) para capturar dados dos usuários, atividades e intensidade de atividade física e as características dos parques. Os resultados indicaram associação entre instalações como academia ao ar livre, pista de caminhada, campo esportivo, área de piquenique e arquibancada com a prática de atividade física em nível moderado/vigoroso. As análises apontaram diferenças qualitativas de inserção, acessos, entorno imediato e condições diferenciadas dos parques. Os resultados contribuem para subsidiar diretrizes espaciais para projetos de parques, bem como motivar um debate interdisciplinar no uso de protocolos validados e aplicados nas pesquisas da área da Saúde.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Geane Talia de Almeida Lopes, Universidade Estadual de Londrina

Geane Talia de Almeida Lopes, Programa de Pós-graduação em Arquitetura e Urbanismo (PPU), Departamento de Arquitetura e Urbanismo, Universidade Estadual de Londrina (UEL), Caixa Postal 10.011; CEP 86057970, Londrina – PR, Tel. 43 3371-4727, E-mail: geanea.lopes@gmail.com

Mariana Ragassi Urbano, Universidade Estadual de Londrina

Mariana Ragassi Urbano, Programa de Pós-graduação em Arquitetura e Urbanismo (PPU), Departamento de Estatística, Universidade Estadual de Londrina (UEL), Caixa Postal 10.011; CEP 86057970, Londrina – PR, Tel. 43 3371-4727, E-mail: mrurbano@uel.br

Adriano Akira Ferreira Hino, Pontifícia Universidade Católica do Paraná

Adriano Akira Ferreira Hino, Programa de Pós-Graduação em Tecnologia em Saúde (PPGTS). Pontifícia Universidade Católica do Paraná. Rua Imaculada Conceição, 1155 - Bloco verde - segundo andar. Prado Velho. CEP 80215901. E-mail: akira.hino@pucpr.br 

Milena Kanashiro, Universidade Estadual de Londrina

Milena Kanashiro, Programa de Pós-graduação em Arquitetura e Urbanismo (PPU), Departamento de Arquitetura e Urbanismo, Universidade Estadual de Londrina (UEL), Caixa Postal 10.011; CEP 86057970, Londrina – PR, Tel. 43 3371-4727, E-mail: milena@uel.com.br

Downloads

Publicado

2021-03-12

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)