Apropriação e eficiência dos brisesoleil: o caso de Londrina (PR)

Autores

  • Camila Gregório Atem Centro Unversítário Filadélfia
  • Admir Basso Universidade de São Paulo

Palavras-chave:

Dispositivos de proteção solar, Arquitetura moderna, Eficiência

Resumo

Este artigo descreve os estudos realizados sobre os dispositivos de proteção solar (brise soleil) utilizados na arquitetura moderna de Londrina (PR), avaliando-se estes elementos como apropriação da linguagem moderna e a sua eficiência real. Analisaram-se os primeiros edifícios modernos da cidade, tanto por sua representatividade como por terem sido projetados por Vilanova Artigas e Carlos Cascaldi, pioneiros nesta linguagem arquitetônica, que influenciaram o fazer arquitetônico da região. A partir da integração de ferramentas conhecidas – as tabelas de Mahoney, o projeto de norma brasileira de conforto térmico e o Software Arquitrop 3.0, foram obtidos resultados quanto a uma proteção solar apropriada para a cidade de Londrina, podendo-se comparar a eficiência dos dispositivos projetados. Ao final, são feitas considerações e comparações com a atualidade, pois é importante estudar o passado, aprendendo suas lições, porém com os olhos no presente, com os problemas atuais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2008-04-22

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)