Consumo de madeira para fins provisórios em obras em concreto armado feito in loco

Autores

Palavras-chave:

Madeira, Resíduos, Construção, Concreto

Resumo

Estruturas de edifícios em concreto armado moldado in loco utilizam madeira para fôrmas, escoras, andaimes, elementos de segurança e estruturas provisórias de canteiro, que caracterizam a subutilização do biomaterial em uma função de curto ciclo de vida e baixo valor agregado. O objetivo deste trabalho é levantar o consumo de madeira para fins provisórios em obras habitacionais com estrutura em concreto armado executado em obra. Utilizou-se dados secundários obtidos por meio de uma revisão sistemática de artigos nacionais e internacionais sobre uso, reuso e descarte da madeira. O consumo de madeira por área construída foi de 0,023m³/m². Houve variabilidade dos resultados de até 25 vezes, explicada pelos métodos de quantificação, aplicações e reuso do material.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

11.01.2024

Como Citar

OLIVEIRA, C. G. de; PUNHAGUI, K. R. G.; PINTO, E. F. P.; MORAES, E. S. de. Consumo de madeira para fins provisórios em obras em concreto armado feito in loco. Ambiente Construído, [S. l.], v. 24, 2024. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/ambienteconstruido/article/view/131790. Acesso em: 14 abr. 2024.

Edição

Seção

Ambiente Construído: resiliente e sustentável

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.