AVALIAÇÃO DA EFETIVIDADE DO “VAMOS” NO CONTEXTO DO PROGRAMA ACADEMIA DA SAÚDE: UM ESTUDO QUALITATIVO

Autores

  • Emanuele Naiara Quadros Universidade Federal de Santa Catarina
  • Elaine Cristina Maciel Universidade Federal de Santa Catarina
  • Lisandra Maria Konrad Universidade Federal de Santa Catarina
  • Cezar Grontowski Ribeiro Universidade Federal de Santa Catarina
  • Aline Cristine Souza Lopes Universidade Federal de Minas Gerais
  • Simone Teresinha Meurer Instituto Federal de Minas Gerais
  • Tânia Rosane Bertoldo Benedetti Universidade Federal de Santa Catarina

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-8918.94432

Palavras-chave:

Atividade Motora. Alimentação Saudável. Mudança de Comportamento. Promoção da Saúde.

Resumo

O objetivo deste estudo foi avaliar a efetividade do Vida Ativa Melhorando a Saúde (VAMOS) a partir da percepção dos usuários do Programa Academia da Saúde (PAS) de Belo Horizonte. Foi realizado um estudo qualitativo com participantes do GI (Grupo Intervenção) de um ensaio controlado e randomizado em dois polos do PAS. O GI participou das atividades do PAS e, adicionalmente, de um programa de mudança de comportamento (VAMOS) durante 12 semanas. A efetividade foi avaliada por meio de relatos em três grupos focais realizados com 32 participantes do GI (61 anos, ± 7,07) utilizando o roteiro baseado nas dimensões do modelo RE-AIM. A partir da análise de conteúdo foram identificados benefícios em quatro categorias: atividade física, alimentação, peso corporal e qualidade de vida. Pela percepção dos participantes, concluiu-se que o VAMOS trouxe benefícios nos marcadores do programa e que a metodologia utilizada foi efetiva para atingir os resultados.

 

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-03-29

Como Citar

QUADROS, E. N.; MACIEL, E. C.; KONRAD, L. M.; RIBEIRO, C. G.; LOPES, A. C. S.; MEURER, S. T.; BENEDETTI, T. R. B. AVALIAÇÃO DA EFETIVIDADE DO “VAMOS” NO CONTEXTO DO PROGRAMA ACADEMIA DA SAÚDE: UM ESTUDO QUALITATIVO. Movimento, [S. l.], v. 26, p. e26023, 2020. DOI: 10.22456/1982-8918.94432. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/94432. Acesso em: 12 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos Originais

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.