ORIENTAÇÃO DO MOVIMENTO DO CORPO PELA EDUCAÇÃO DAS EXPRESSÕES: PERCEÇÕES DE PROFESSORES EM PORTUGAL

André Freitas, Ana Mouraz, Fátima Pereira

Resumo


O desenvolvimento cognitivo, pessoal e social da criança é a finalidade que a educação básica em Portugal pretende atingir, a organizar curricularmente os saberes que permitirão às crianças experienciar diferentes cenários e conteúdos, estimulando suas aprendizagens. A educação das expressões artísticas e físico-motoras contribui de forma essencial para esse desenvolvimento integral. Assim, são reconfiguradas as dinâmicas pedagógicas, o que, consequentemente, especifica os movimentos do corpo de alunos. Os professores do ensino básico são, inevitavelmente, promotores dessas experiências. Este artigo apresenta um estudo que procurou identificar e caracterizar o modo como professores planejam e colocam em ação a educação artística e a Educação Física, desenvolvendo o conceito de educação das expressões, em que movimento é entendido como principal meio de comunicação das expressões. Recorreu-se a uma metodologia mista. Os resultados evidenciam uma estreita relação entre as condições organizacionais e os modos como os professores desenvolvem a criatividade e a motricidade das crianças.

 


Palavras-chave


Docentes. Ensino fundamental e médio. Movimento. Educação Física.

Texto completo:

PDF-POR


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.69218

 


Movimento
Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                                      

 

Apoio