A CORRIDA DE REVEZAMENTO DO FOGO SIMBÓLICO DA PÁTRIA EM PORTO ALEGRE (1938-1947): ESTUDO SOBRE A PARTICIPAÇÃO DOS CLUBES ESPORTIVOS

Autores

  • Luís Henrique Rolim PUCRS
  • Janice Zarpellon Mazo PPGCMH/ESEF/UFRGS

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-8918.5704

Palavras-chave:

Clubes esportivos. Corrida . História

Resumo

Este estudo tem como objetivo compreender a participação dos clubes esportivos porto-alegrenses na invenção da ‘Corrida de Revezamento do Fogo Simbólico da Pátria’ (CFS) em Porto Alegre (RS – Brasil) no período de 1938 a 1947. Fontes impressas e fontes orais foram utilizadas nesse estudo. Os clubes esportivos porto-alegrenses, na figura dos seus atletas e dirigentes, ajudaram a inventar e fixar a CFS em Porto Alegre. Além disso, os clubes esportivos construíram representações da identidade nacional brasileira através da CFS.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luís Henrique Rolim, PUCRS

Mestre em Ciências do Movimento Humano (ESEF/UFRGS). Professor do Grupo de Pesquisa em Estudos Olímpicos da PUCRS (FEFID/PUCRS)

Janice Zarpellon Mazo, PPGCMH/ESEF/UFRGS

Doutora em Educação Física Professora do Programa de Pós-Graduação em Ciências do Movimento Humano (ESEF/UFRGS)
Pôster da Corrida do Fogo Simbólico em 1940

Publicado

2010-01-06

Como Citar

ROLIM, L. H.; MAZO, J. Z. A CORRIDA DE REVEZAMENTO DO FOGO SIMBÓLICO DA PÁTRIA EM PORTO ALEGRE (1938-1947): ESTUDO SOBRE A PARTICIPAÇÃO DOS CLUBES ESPORTIVOS. Movimento, [S. l.], v. 15, n. 4, p. 11–33, 2010. DOI: 10.22456/1982-8918.5704. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/5704. Acesso em: 27 nov. 2022.

Edição

Seção

Artigos Originais