O MOVIMENTO ESTUDANTIL NA EDUCAÇÃO FÍSICA BRASILEIRA: CONSTRUÇÃO, ATUAÇÃO E CONTRIBUIÇÕES NA ESCOLA NACIONAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA E DESPORTOS

Autores

  • Victor Andrade de Melo UGF

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-8918.2363

Palavras-chave:

História da Educação Física. Movimento estudantil.

Resumo

A história do movimento estudantil (ME) em nossa área ainda é uma lacuna. Partindo da compreensão de que para entender a construção e as contribuições do ME para a educação física brasileira devemos tornar mais rigorosos nossos estudos históricos, ampliando as informações e as fontes, realizando análises segundo perspectivas diferenciadas e fazendo uso de uma adequada concepção de História; este artigo objetiva analisar a atuação, as contribuições e o desenvolvimento do ME na Escola Nacional de Educação Física e Desportos, percebendo que sua construção histórica não é somente fruto das ações dos professores, mas também da influência primordial dos estudantes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Victor Andrade de Melo, UGF

Professor Ms. e Doutor em Educação Física pela Universidade Gama Filho.

Downloads

Publicado

1997-12-06

Como Citar

MELO, V. A. de. O MOVIMENTO ESTUDANTIL NA EDUCAÇÃO FÍSICA BRASILEIRA: CONSTRUÇÃO, ATUAÇÃO E CONTRIBUIÇÕES NA ESCOLA NACIONAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA E DESPORTOS. Movimento, [S. l.], v. 4, n. 7, p. 9–19, 1997. DOI: 10.22456/1982-8918.2363. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/2363. Acesso em: 2 out. 2022.

Edição

Seção

Artigos Originais