REPRESENTAÇÕES DE MASCULINIDADE NA DANÇA CONTEMPORÂNEA

Autores

  • Giuliano Andreoli UFRGS

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-8918.16175

Palavras-chave:

Dança. Identidade de Gênero. Corpo humano. Masculinidade

Resumo

Esse artigo aborda as articulações entre representações culturais de gênero masculino e dança contemporânea. Para sustentação da problemática da pesquisa, lança mão do referencial teórico dos Estudos Culturais e dos estudos pós-estruturalistas de gênero. Utiliza-se da metodologia de pesquisa qualitativa, coletando informações através de entrevistas, para analisar narrativas de bailarinos. Discute a idéia bastante difundida da dança como algo mais associado a mulheres ou homens homossexuais, percepção que atua como uma barreira ao ingresso dos homens em quaisquer atividades rítmicas ou expressivas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Giuliano Andreoli, UFRGS

Possui graduação em Educação Física (UFRGS), Especialização em Pedagogias do Corpo (UFRGS), e Mestrado em Educação (UFRGS). Atua na área de Teoria da Dança, com ênfase na relação entre Dança e Educação, Dança e Ciências Humanas (Antropologia, Sociologia, História, Estudos Culturais, Estudos de Gênero). Possui experiência artística nas áreas da Dança Contemporânea, Danças Populares, Circo (acrobacias) e artes marciais. É professor do Curso de Graduação em Dança: Licenciatura da Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (UERGS). Atua principalmente nas disciplinas: Teoria da Dança, Dança e Cultura I e II, Historia da Dança I e II, Educação e Pluralidade Cultural e Técnicas corporais Circenses.

Downloads

Publicado

2011-03-26

Como Citar

ANDREOLI, G. REPRESENTAÇÕES DE MASCULINIDADE NA DANÇA CONTEMPORÂNEA. Movimento, [S. l.], v. 17, n. 1, p. 159–175, 2011. DOI: 10.22456/1982-8918.16175. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/16175. Acesso em: 27 jan. 2023.

Edição

Seção

Artigos Originais