SOCIEDADE DE CONTROLE E REDES SOCIAIS NA INTERNET: #SAÚDE E #CORPO NO INSTAGRAM

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-8918.100688

Palavras-chave:

Governo eletrônico. Controle da População. Saúde. Redes sociais online.

Resumo

O objetivo deste artigo é analisar texto e imagem de publicações na rede social Instagram, com as hashtags #saúde e #corpo, a partir da noção deleuzeana de sociedade de controle. Para a coleta, utilizou-se o site Netlytic e, para a seleção dos dados, o software LibreOffice Calc. A metodologia consiste em uma análise enunciativa de perspectiva foucaultiana. Os resultados assinalam a presença de práticas que remetem às técnicas de confissão, de intervenção e de manipulação do corpo e às estratégias de controle para produção da saúde a partir da produção de verdades. Esses são indícios da operacionalização dos atuais mecanismos de vigilância da saúde e das estratégias de governamentalidade na sociedade de controle.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Angélica Teixeira da Silva Leitzke, Universidade Federal de Pelotas.Escola Superior de Educação Física. Pelotas, RS

Mestre em Educação Física pela Universidade Federal de Pelotas;

Servidora técnico-administrativa pela Universidade Federal de Pelotas

Luiz Carlos Rigo, Universidade Federal de Pelotas, Escola Superior de Educação Física. Pelotas, RS

Doutor em Educação pela Universidade Estadual de Campinas;

Docente pela Universidade Federal de Pelotas, Escola Superior de Educação Física.

Downloads

Publicado

2020-08-20

Como Citar

LEITZKE, A. T. da S.; RIGO, L. C. SOCIEDADE DE CONTROLE E REDES SOCIAIS NA INTERNET: #SAÚDE E #CORPO NO INSTAGRAM. Movimento, [S. l.], v. 26, p. e26062, 2020. DOI: 10.22456/1982-8918.100688. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/100688. Acesso em: 27 set. 2022.

Edição

Seção

Artigos Originais