Desenvolvendo Flexibilidade no Cálculo Mental

Elisabeth Rathgeb-Schnierer, Michael G. Green

Resumo


A flexibilidade na realização de cálculos mentais tornou-se um foco importante para os educadores em matemática, com pesquisas surgindo nas últimas duas décadas. Resultados de pesquisas contemporâneas oferecem sólido suporte para o desenvolvimento da flexibilidade mental no ensino fundamental. Este estudo concentra-se em três temas inter-relacionados: (1) um modelo de cálculo mental que permite o estudo de processos flexíveis de resolução; (2) uma revisão das definições de flexibilidade e uma síntese da pesquisa reportada; e (3) um exame dos pré-requisitos para promover a flexibilidade mental. A abordagem denominada Zahlenblickschulung é apresentada com exemplos de atividades que incentivam os alunos a classificar operações numéricas e a raciocinar sobre a classificação.

Palavras-chave


Flexibilidade; Cálculo Mental; Abordagem para promover a flexibilidade; Ensino fundamental



Direitos autorais 2019 Educação & Realidade

Educação & Realidade - ISSN 0100-3143 (impresso) e 2175-6236 (online)

 

Licença Creative Commons
Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

 

Apoio e Indexação:

LATINDEX

 

Crossref Similarity Check logo