REUNI: heteronomia e precarização da universidade e do trabalho docente

Denise Léda, Deise Mancebo

Resumo


O texto analisa o projeto "Universidade Nova" ou, como foi denominado em seu último formato, "Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais – REUNI". Procura desvelar a retórica dos discursos e documentos oficiais que proclamam a retomada do crescimento do ensino superior público em todo país, em prol da justiça social, sem a contrapartida orçamentária, comprometendo, assim, a qualidade das funções que a universidade deve desempenhar, precarizando o trabalho docente e ampliando a heteronomia universitária. Destaca, ainda, o forte apelo ideológico presente no REUNI e conclui reafirmando que as condições de oferta desse programa, sem o suficiente aporte de recursos, favorecerão tão somente a precarização da instituição e um ensino de "qualidade" duvidosa.

Palavras-chave


Ensino superior – Política educacional. Reforma Universitária. REUNI. Qualidade. Trabalho Docente.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais

Educação & Realidade - ISSN 0100-3143 (impresso) e 2175-6236 (online)

 

Licença Creative Commons
Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

 

Apoio e Indexação:

LATINDEX

 

Crossref Similarity Check logo