Um estudo sobre as causas de aumentos de custos e de prazos em obras de edificações públicas municipais

Henrique de Paula Santos, Cícero Murta Diniz Starling, Paulo Roberto Pereira Andery

Resumo


O desempenho deficiente de obras públicas em relação aos aumentos de custos e prazos de entrega, em comparação com os valores previstos, tem sido recorrente no Brasil e outros países emergentes. Diversos estudos têm concentrado atenção na análise de causas desses desvios, bem como de possíveis diretrizes para a garantia do desempenho dos empreendimentos. O presente trabalho apresenta um estudo diagnóstico sobre o aumento de custos e prazos de obras públicas de edificações em Belo Horizonte. Inicialmente, o estudo envolveu uma análise quantitativa de aditivos de custos e prazos dessas obras ao longo dos seis últimos anos. Em um segundo momento, ocorreu uma análise qualitativa com os agentes envolvidos com esses empreendimentos, com a finalidade de estabelecer um ranking de possíveis causas, identificadas a partir da literatura. Os respondentes apontaram sua percepção sobre o impacto e frequência para uma lista de causas que afetam o prazo e o custo das obras, sendo os dados analisados pelo Índice de Importância Relativa (RII), Índice de Frequência (FI) e Índice de Importância (IMPI). Os resultados apontam que as principais causas dos aditivos contratuais de prazo e custo nas obras analisadas estão relacionadas às falhas no processo de projeto nas fases iniciais dos empreendimentos.


Palavras-chave


Empreendimentos Públicos; Análise de Custos e Prazos; Processo de Projeto

Texto completo:

PDF




Direitos autorais 2016 Ambiente Construído

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Indexado em: