Avaliação do procedimento simplificado da NBR 15575 para determinação do nível de desempenho térmico de habitações

Karin Maria Soares Chvatal

Resumo


A norma brasileira NBR 15575: Edificações habitacionais – Desempenho (ABNT, 2013) representa um avanço no setor da construção civil. É importante que se mantenha uma discussão constante sobre ela, a fim de estimular seu aprimoramento. Recentemente, alguns autores têm apresentado críticas aos métodos propostos pela referida norma, como incoerências entre seus procedimentos simplificado e de simulação. Este trabalho investiga as razões dessas incongruências, com o foco em habitações de interesse social. O método consiste na aplicação dos dois procedimentos da Norma a uma habitação unifamiliar térrea em três zonas bioclimáticas brasileiras, com variadas transmitâncias térmicas e absortâncias das paredes exteriores e da cobertura. Também foram conduzidas séries de estudos para a habitação com paredes com alta capacidade térmica e simulações horárias anuais para a edificação em condições reais de uso. Os resultados demonstraram que o impacto conjugado da transmitância e da absortância não é representado de forma adequada nos limites estabelecidos pelo procedimento simplificado, e também que a capacidade térmica influencia esses limites. Quanto à simulação anual, verificou-se que esta é a forma mais adequada de se avaliarem as distintas necessidades de desempenho quanto ao inverno e ao verão.


Palavras-chave


NBR 15575; DESEMPENHO TÉRMICO

Texto completo:

PDF




Direitos autorais 2016 Ambiente Construído

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Indexado em: