Mídias sociais e comunicação científica: análise altmétrica em artigos de periódicos da ciência da informação

Ronaldo Ferreira Araujo

Resumo


Este estudo discorre brevemente sobre as mídias sociais e a comunicação científica, situando o emergente campo da altmetria para análise dessa relação. Apresentam-se aqui os resultados de uma pesquisa exploratória que teve por objetivo a análise de métricas alternativas para 125 artigos de periódicos da Ciência da Informação Qualis A. No uso da ferramenta altmetric.com, 36% dos artigos retornaram dados altmétricos. Dentre as revistas, dá-se destaque para a Ciência da Informação, com 21 artigos e 297 dados altmétricos. Quanto às mídias, 92,43% dos dados vieram do Mendeley, contra 7,57% do Twitter, e nenhum registro do Facebook. Considera-se que a falta de padronização das revistas pode ser um dos fatores do reduzido quantitativo de artigos encontrado, e que parametrizações de Application Programming Interface – APIs de mídias como Facebook e Twitter – podem ser o caminho para contornar esse baixo desempenho. Os dados altmétricos indicam a atenção que os artigos recebem logo após a publicação e podem ser indícios de citações futuras.


Palavras-chave


Mídias sociais. Comunicação científica. Altmetria.

Texto completo:

PDF RESUMO


DOI: http://dx.doi.org/10.19132/1808-5245211.96-109



Em Questão | ISSN 1808-5245

Classificação Qualis: A2 - Comunicação e Informação; B2 - Ciências Ambientais; B3 - Administração, Ciências Contábeis e Turismo; B4 - Sociologia; B5 - Engenharias I.

Programa de Pós-graduação em Comunicação e Informação | Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Rua Ramiro Barcelos, 2705, CEP 90035-007 - Porto Alegre, RS, Brasil | E-mail: emquestao@ufrgs.br 

Membro da Associação Brasileira de Editores Científicos