O jornalismo em tempo de mudanças estruturais

Fábio Henrique Pereira, Zélia Leal Adghirni

Resumo


Este trabalho apresenta um breve cenário do que chamamos de mudanças estruturais no jornalismo. Construímos nossa hipótese a partir das transformações na produção, no perfil profissional e nas relações com os públicos. Buscamos apresentar um conjunto de dados, pesquisas e análises que remetem à nossa preocupação inicial: mudanças profundas afetam diferentes aspectos do jornalismo e podem alterar radicalmente a forma como será praticado no futuro. O objetivo é delinear eixos de análise que possam subsidiar a formulação de projetos de pesquisa sobre o assunto.

 


Palavras-chave


Jornalismo. Mudanças estruturais. Convergência digital.

Texto completo:

PDF




Intexto | E-ISSN 1807-8583 | Facebook | Google Scholar 

Classificação Qualis: B1 - Comunicação, Informação, História, Letras/Linguística  | B2 - Psicologia | B3 - Ciência Política e Relações Internacionais, Arquitetura, Urbanismo e Design, Ciências Ambientais, Interdisciplinar | B4 - Sociologia. 

Programa de Pós-graduação em Comunicação | Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Rua Ramiro Barcelos, 2705 sala 519 - Porto Alegre, RS, Brasil | E-mail: Intexto @ufrgs.br

Membro Associação Brasileira de Editores Científicos 

Signatária DORA (San Francisco Declaration on Research Assessment)