O ESTADO COMO FORMA POLÍTICA DA ESQUIZOFRENIA CAPITALISTA

UMA LEITURA DE MASCARO A PARTIR DE DELEUZE E GUATTARI

Autores

Palavras-chave:

Estado e forma política, Modo de produção, Pós-fordismo, Regulação estatal, Capitalismo e Esquizofrenia.

Resumo

O presente trabalho analisa os capítulos 1 e 5 do livro de Alysson Mascaro denominado Estado e Forma Política, que alcançou relevância no cenário acadêmico marxista contemporâneo. Em um primeiro momento, são elucidadas as bases teóricas sobre as quais se sustenta sua obra. Em seguida, examinam-se as teses de Mascaro a respeito do modo de regulação pautado pela ação estatal, à luz dos paradigmas do regime de acumulação pós-fordista. Argumenta-se que esse aspecto é o que há de mais atual na obra em questão, pois traz à tona as contradições do modo de produção capitalista contemporâneo, que se mantém o mesmo como estrutura social, mas que em suas manifestações fenomenológicas se transforma em função dos melhores meios disponíveis para a manutenção do processo de valorização do valor. Para tanto, este trabalho apoia-se em pesquisa qualitativa, realizada a partir de leitura analítico-estrutural do livro de Mascaro. Recorre-se, quando necessário, a outros textos, do próprio autor ou de outros da filosofia marxista, especialmente Deleuze e Guattari e seu estudo sobre a esquizofrenia capitalista.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alexandre de Lima Castro Tranjan, Universidade de São Paulo

Acadêmico de Direito na Universidade de São Paulo. Foi bolsista de pesquisa em filosofia pelo PIBIC-CNPq (2020-21) e monitor-bolsista USP na disciplina Filosofia do Direito II: do Romantismo ao Pós-Estruturalismo.

Downloads

Publicado

2022-05-30 — Atualizado em 2022-05-31

Versões

Como Citar

TRANJAN, A. de L. C. O ESTADO COMO FORMA POLÍTICA DA ESQUIZOFRENIA CAPITALISTA: UMA LEITURA DE MASCARO A PARTIR DE DELEUZE E GUATTARI. Res Severa Verum Gaudium, Porto Alegre, v. 6, n. 2, 2022. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/resseveraverumgaudium/article/view/121442. Acesso em: 16 ago. 2022.