Os idosos e as barreiras de acesso às novas tecnologias da informação e comunicação

Autores

  • Marília Matias Kestering Tavares Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)
  • Samara Tomé Correa de Souza Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)

DOI:

https://doi.org/10.22456/1679-1916.30915

Palavras-chave:

Inclusão Digital, Educação ao Longo da Vida, Tecnologias da Informação e Comunicação.

Resumo

As barreiras que dificultam a inclusão digital dos idosos são diversas. Algumas das dificuldades encontradas referem-se aos declínios sensoriais, motores, físicos decorrentes do avanço da idade. Sendo que a difusão de novas tecnologias tem exigido dos idosos um aprendizado contínuo, para que os mesmos possam interagir de forma autônoma com os aparatos tecnológicos. Este artigo apresenta algumas questões relevantes à inclusão digital relacionada à terceira idade. Propõe-se observar a necessidade de desenvolver e oportunizar formas alternativas de acesso às novas tecnologias para o público idoso. Discutem-se as possíveis limitações que a terceira idade encontra para interagir com as novas tecnologias. É abordado o direito a inclusão digital para pessoas idosas e de que forma isto é definido na legislação
vigente. Para podermos compreender quais peculiaridades devem ser observadas ao desenvolver novas tecnologias que favoreçam a integração das pessoas idosas com os avanços tecnológicos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-07-20

Como Citar

TAVARES, M. M. K.; CORREA DE SOUZA, S. T. Os idosos e as barreiras de acesso às novas tecnologias da informação e comunicação. RENOTE, Porto Alegre, v. 10, n. 1, 2012. DOI: 10.22456/1679-1916.30915. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/renote/article/view/30915. Acesso em: 15 ago. 2022.