Cultural Action and Artistic Action: moving territories

Autores

Palavras-chave:

Ação Cultural, Ação Artística, Política Pública, Performance Relacional, Participação Social

Resumo

The article proposes a resumption of the notion of cultural action in the light of the displacements and changes that it has been going through since its emergence in France in the last century, providing clues for the examination of these conceptions in today´s Brazil. From this perspective, the emergence of the notion of artistic action will be analysed, with a view to characterizing – only in a preliminary way – of this field. The distinctions between the two perspectives will be addressed as well as the relationships between them. Both have in common symbolic construction and the establishment of meeting spaces, development of autonomy and reflection.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Lúcia Pupo, Universidade de São Paulo

Departamento de Artes Cênicas

Pedagogia do Teatro 

Verônica Veloso, Universidade de São Paulo

Verônica Veloso é professora do Departamento de Artes Cênicas da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP). Doutora e Mestre em Pedagogia do Teatro pela ECA/USP, tendo realizado Doutorado sanduíche na Sorbonne Nouvelle – Paris 3 (bolsa CAPES). É pesquisadora do Grupo de Pesquisa em Pedagogia do Teatro (GEPPETE), vinculado ao Departamento de Artes Cênicas da ECA/USP. Integra o Coletivo Teatro Dodecafônico desde 2008.

Referências

ABIRACHED, Robert. La Décentralisation Théâtrale. v. 3. 1968, le tournant. Arles: ANRAT et Actes Sud, 2005.

BOURRIAUD, Nicolas. Esthétique Relationnelle. Monts: Les presses du réel, 1998.

CAON, Paulina; VELOSO, Verônica. São Paulo Através do Espelho – refletindo sobre ação cultural, processos criativos e processos pedagógicos. In: ALEIXO, Fernando; LEAL, Mara Lucia (Org.). Teatro, Ensino, Teoria e Prática: processos de criação: experiências contemporâneas. Uberlândia: EDUFU, 2016. P. 141-158.

COELHO, Teixeira. Dicionário crítico de política cultural: cultura e imaginário. São Paulo: Iluminuras, 2012.

DUBATTI, Jorge. A questão epistemológica nos Estudos Teatrais. Revista Moringa - Artes do Espetáculo, João Pessoa, v. 3, n. 1, p. 22-30, 2012.

FREIRE, Paulo. Ação Cultural para a liberdade e outros escritos. São Paulo: Paz e Terra, 2011.

JEANSON, Francis. L’Action Culturelle dans la Cité. Paris: Seuil, 1973.

KREBS, Anne; ROBOTEL, Nathalie. Démocratisation culturelle: l’intervention publique em débat. La Documentation Française, Paris, n. 947, avril 2008.

PUPO, Maria Lúcia. Quando a cena se desdobra: as contrapartidas sociais. In: DESGRANGES, Flávio; LEPIQUE, Maysa. Teatro e Vida Pública – O Fomento e os Coletivos Teatrais de São Paulo. São Paulo: Ed. Hucitec; Cooperativa Paulista de Teatro, 2012. P. 152-173.

VELOSO, Verônica. Percorrer a cidade a pé: ações teatrais e performativas no contexto urbano. 2017. Tese (Doutorado em Artes Cênicas) – Escola de Comunicação e Artes, Universidade de São Paulo, 2017.

ZASK, Joëlle. Participer. Essai sur les formes démocratiques de la participation. Paris: Éditions Le bord de l’eau, 2011.

Publicado

2020-03-11

Como Citar

Pupo, M. L., & Veloso, V. (2020). Cultural Action and Artistic Action: moving territories. Revista Brasileira De Estudos Da Presença, 10(2), 01–20. Recuperado de https://seer.ufrgs.br/index.php/presenca/article/view/99767

Edição

Seção

Ação Cultural e Ação Artística