Revista Brasileira de Estudos da Presença https://seer.ufrgs.br/index.php/presenca Revista de Artes Cênicas, Teatro, Dança, Performance pt-BR <p><em></em><em></em>Os leitores são livres para transferir, imprimir e utilizar os artigos publicados na Revista, desde que haja sempre menção explícita ao(s) autor (es) e à Revista Brasileira de Estudos da Presença e que não haja qualquer alteração no trabalho original. Qualquer outro uso dos textos precisa ser aprovado pelo(s) autor (es) e pela Revista. Ao submeter um artigo à Revista Brasileira de Estudos da Presença e tê-lo aprovado os autores concordam em ceder, sem remuneração, os seguintes direitos à Revista: os direitos de primeira publicação e a permissão para que a Revista redistribua esse artigo e seus meta dados aos serviços de indexação e referência que seus editores julguem apropriados.</p><p><a href="http://creativecommons.org/licenses/by/3.0/deed.pt_BR" rel="license" target="_blank"><img class="CToWUd" style="border-width: 0px; vertical-align: middle;" src="https://ci4.googleusercontent.com/proxy/Aw0_t4IAr6j2s3kT5_u-kSzBMZn-GkUBzYQDl2XOH1adyDmcfE7Y7gtumOT7dwtmh02QkMaXPOVdfZUiCWl7UAufpR_g=s0-d-e1-ft#http://i.creativecommons.org/l/by/3.0/80x15.png" alt="Licença Creative Commons" /></a> Este periódico utiliza uma <a href="http://creativecommons.org/licenses/by/4.0/deed.pt_BR" rel="license" target="_blank">Licença de Atribuição Creative Commons</a>.</p> rev.presenca@gmail.com (Gilberto Icle) rev.presenca@gmail.com (Gilberto Icle) Thu, 27 Oct 2022 14:24:17 -0300 OJS 3.2.1.4 http://blogs.law.harvard.edu/tech/rss 60 Negro Teatro, Negra Performance https://seer.ufrgs.br/index.php/presenca/article/view/120854 <p>Neste artigo apresenta-se discussão sobre a noção de Performance Negra, que, atrelada ao Movimento Negro, constitui-se no conjunto de manifestações expressivas, do ritual ao espetáculo, que organizam cenicamente modos de existir e de resistir do povo negro na diáspora africana. O recorte metodológico é uma abordagem do macro ao micro, iniciando com uma definição geral de Movimento Negro, depois, problematizando o conceito de Performance Negra como uma categoria que pode abranger tanto performances tradicionais de cunho ritualístico como performances artísticas nas linguagens do teatro, da dança e da performance arte. Por fim, toma-se o Teatro Negro como foco de análise a partir de seus aspectos históricos.</p> <p><strong> </strong></p> Jordana Dolores Peixoto, Renata de Lima Silva Copyright (c) 2022 Revista Brasileira de Estudos da Presença https://seer.ufrgs.br/index.php/presenca/article/view/120854 Thu, 27 Oct 2022 00:00:00 -0300 Black Theater, Black Performance https://seer.ufrgs.br/index.php/presenca/article/view/126853 <p>This article discusses the concept of Black Performance, which, associated with the Black Movement, consists of a set of expressive manifestations, from ritual to spectacle, which scenically organize modes of existing and resisting of the black people in the African diaspora. The methodological design consists in an approach from macro to micro elements, starting with a general definition of Black Movement, then questioning the concept of Black Performance as a category that can encompass both traditional ritualistic performances and artistic performances in the languages of theater, dance and performing art. Finally, Black Theater is considered as the focus of analysis based on its historical aspects.</p> Jordana Dolores Peixoto, Renata de Lima Silva Copyright (c) 2022 Revista Brasileira de Estudos da Presença https://seer.ufrgs.br/index.php/presenca/article/view/126853 Thu, 27 Oct 2022 00:00:00 -0300 Nomear é Dominar? https://seer.ufrgs.br/index.php/presenca/article/view/121806 <p>Ao considerar o teatro como uma das diversas manifestações cênicas da humanidade, pretende-se, com esta digressão textual, desnaturalizar a sua universalização, situando-a no contexto histórico e cultural do processo colonizador brasileiro. A centralidade excludente do teatro branco-ocidental promove o racismo epistêmico e, proveniente deste, o racismo estético que se apresenta em diversos espaços de poder, incluindo as universidades brasileiras. Os estudos acerca da decolonialidade oferecem um amparo teórico, aqui usado por meio da revisão de literatura sobre o tema, assim como a análise de documento curricular de cursos de graduação em Teatro.</p> Alexandra Gouvêa Dumas Copyright (c) 2022 Revista Brasileira de Estudos da Presença https://seer.ufrgs.br/index.php/presenca/article/view/121806 Thu, 27 Oct 2022 00:00:00 -0300 Naming is Dominating? https://seer.ufrgs.br/index.php/presenca/article/view/126717 <p>By considering theater as one of the many scenic manifestations of humanity, this textual digression intends to denaturalize its universalization by placing it in the historical and cultural context of the Brazilian colonization process. Based on studies on epistemic racism and aesthetic racism, it is questioned the excluding centrality of white-western theater used in the reading of the multiple manifestations of scenic character of African matrix gestated and produced in the Brazilian diaspora.</p> <p> </p> <p> </p> Alexandra Gouvêa Dumas Copyright (c) 2022 Revista Brasileira de Estudos da Presença https://seer.ufrgs.br/index.php/presenca/article/view/126717 Thu, 27 Oct 2022 00:00:00 -0300 Josephine Baker e Mercedes Baptista: https://seer.ufrgs.br/index.php/presenca/article/view/121937 <p>A partir da análise da trajetória de duas bailarinas, Josephine Baker e Mercedes Baptista, o artigo propõe uma reflexão acerca do conceito de estereótipos de Stuart Hall. Por serem mulheres negras, categorias eram aplicadas às suas movimentações sem maior profundidade: para Josephine, identificação com danças primitivas; para Mercedes, a falta de reconhecimento de um corpo negro em destaque na dança clássica. As formas como elas lideram com estereótipos e se tornaram agentes de seus corpos, além das marcas que deixaram na sociedade ocidental, serão aqui objetos de análise.</p> <p> </p> Julia Baker, Cássia Navas Copyright (c) 2022 Revista Brasileira de Estudos da Presença https://seer.ufrgs.br/index.php/presenca/article/view/121937 Thu, 27 Oct 2022 00:00:00 -0300 Josephine Baker and Mercedes Baptista: https://seer.ufrgs.br/index.php/presenca/article/view/126794 <p>Based on the analysis of the trajectory of two dancers, Josephine Baker and Mercedes Baptista, this article proposes a reflection on the concept of stereotypes as per Stuart Hall. Being Black women, categories were applied to their movements without further depth: for Josephine, there was the identification with primitive dances; for Mercedes, the lack of recognition of a Black body in a leading role in classical dance. The ways in which they dealt with stereotypes and became agents of their bodies, and the marks they left in the western society will be the objects of analysis.</p> Julia Baker, Cássia Navas Copyright (c) 2022 Revista Brasileira de Estudos da Presença https://seer.ufrgs.br/index.php/presenca/article/view/126794 Thu, 27 Oct 2022 00:00:00 -0300 Os Cantos de Experiências Negras: https://seer.ufrgs.br/index.php/presenca/article/view/121949 <p>Propõe-se no artigo observar o papel dos cantos africano-diaspóricos no trabalho de Jerzy Grotowski e no âmbito das pesquisas continuadas no <em>Workcenter of Jerzy Grotowski and Thomas Richards.</em> Reflete-se sobre os cantos a partir de suas potências epistemológicas e políticas e como elementos fundamentais para uma discursividade étnico-racial nos estudos sobre essa importante obra no campo das artes performativas. A noção de cantos de experiências negras propõe a compreensão do termo <em>cantos de tradição,</em> central na obra grotowskiana, como meios de comunicação de vivências diaspóricas e afrodescendentes, contrária ao uso unicamente instrumental e acrítico dessas tecnologias performativas.</p> Luciano Mendes de Jesus, Sayonara Sousa Pereira Copyright (c) 2022 Revista Brasileira de Estudos da Presença https://seer.ufrgs.br/index.php/presenca/article/view/121949 Thu, 27 Oct 2022 00:00:00 -0300 The Songs of Black Experiences: https://seer.ufrgs.br/index.php/presenca/article/view/126926 <p>It is proposed in the paper to observe the role of African-diasporic songs in the work of Jerzy Grotowski and in the context of continued research at the Workcenter of Jerzy Grotowski and Thomas Richards. We reflect on the songs from their epistemological and political potencies and as fundamental elements for an ethnic-racial discursivity in studies of this important work in the field of performing arts. The notion of songs of black experiences proposes the understanding of the term <em>tradition songs,</em> central in Grotowski’s work, as means of communication of diasporic and Afro-descendant experiences, contrary to the solely instrumental and uncritical use of these performative technologies.</p> Luciano Mendes de Jesus, Sayonara Sousa Pereira Copyright (c) 2022 Revista Brasileira de Estudos da Presença https://seer.ufrgs.br/index.php/presenca/article/view/126926 Thu, 27 Oct 2022 00:00:00 -0300 Performance Leite Derramado: https://seer.ufrgs.br/index.php/presenca/article/view/121957 <p>O artigo propõe analisar a performance <em>Leite Derramado</em> (2013) da artista Ana Musidora a partir da representação da mãe preta. Para isso, investiga-se conceito de imagens de controle, da socióloga estadunidense Patricia Hill Collins, e as imagens invocadas para definir a mulher negra no Brasil, da antropóloga Lélia Gonzalez. Reflete-se como <em>Leite Derramado</em> explora camadas críticas sobre as imagens/representações históricas ordenadas segundo os valores patriarcais e escravocratas em torno das mulheres negras.</p> Rodrigo Severo Copyright (c) 2022 Revista Brasileira de Estudos da Presença https://seer.ufrgs.br/index.php/presenca/article/view/121957 Thu, 27 Oct 2022 00:00:00 -0300 The Performance Leite Derramado: https://seer.ufrgs.br/index.php/presenca/article/view/126447 <p>The article proposes to analyze the performance <em>Leite Derramado</em> (2013) by artist Ana Musidora from the perspective of the representation of the Black mother. In this regard, we investigate the concept of controlling images by American sociologist Patricia Hill Collins and the images invoked to define black women in Brazil, by Anthropologist Lélia Gonzalez. We reflect on how <em>Leite Derramado</em> explores critical layers on the images/historical representations sorted according to patriarchal and slavocratic values on Black women.</p> Rodrigo Severo Copyright (c) 2022 Revista Brasileira de Estudos da Presença https://seer.ufrgs.br/index.php/presenca/article/view/126447 Thu, 27 Oct 2022 00:00:00 -0300 Do Oríkì à Elinga: https://seer.ufrgs.br/index.php/presenca/article/view/121971 <p>O objetivo deste artigo é apresentar reflexões que buscam uma sistematização de princípios negro-brasileiros de atuação cênica e encenação. Os estudos apresentados visam demonstrar a necessidade de pensamentos teóricopráticos nas artes da cena direcionados para uma perspectiva anticolonial, em oposição a uma visão hegemônica eurorreferenciada. Problematiza-se o conceito de dramaturgia como parte de um dispositivo colonial de controle das subjetividades. Os argumentos <em>suleadores</em> deste texto foram sistematizados a partir de estudos teóricos e de experimentos cênicos contra-hegemônicos investigados em oficinas, cursos e aulas nos quais foram desenvolvidos processos criativos que não separam as linguagens: dança, teatro e performance.</p> Lau Pereira dos Santos Copyright (c) 2022 Revista Brasileira de Estudos da Presença https://seer.ufrgs.br/index.php/presenca/article/view/121971 Thu, 27 Oct 2022 00:00:00 -0300 From Oríkì to Elinga: https://seer.ufrgs.br/index.php/presenca/article/view/126435 <p>The purpose of this article is to present reflections that seek to system Black- Brazilian principles of dramatic performance and staging. The studies presented aim to demonstrate the need for theoretical-practical thinking in the performing arts focused on an anti-colonial perspective, as opposed to a hegemonic Euro-referenced vision. Thus, the concept of dramaturgy is problematized as part of a colonial device to control subjectivities. The theoretical-practical studies and the underlying arguments of this text were systematized with a basis in counter-hegemonic scenic experiments investigated in workshops, courses, and classes in which creative processes were developed, which do not separate the languages of dance, theater and performance.</p> Lau Pereira dos santos Copyright (c) 2022 Revista Brasileira de Estudos da Presença https://seer.ufrgs.br/index.php/presenca/article/view/126435 Thu, 27 Oct 2022 00:00:00 -0300 Expediente https://seer.ufrgs.br/index.php/presenca/article/view/128144 Copyright (c) 2022 Revista Brasileira de Estudos da Presença https://seer.ufrgs.br/index.php/presenca/article/view/128144 Thu, 27 Oct 2022 00:00:00 -0300 Masthead https://seer.ufrgs.br/index.php/presenca/article/view/128145 Copyright (c) 2022 Revista Brasileira de Estudos da Presença https://seer.ufrgs.br/index.php/presenca/article/view/128145 Thu, 27 Oct 2022 00:00:00 -0300 Artes da Cena e Teorias de Conhecimento: https://seer.ufrgs.br/index.php/presenca/article/view/114484 <p>Este artigo problematiza a produção de conhecimento em dança, bem como sua difusão. Perscrutam-se as distinções entre teorias do conhecimento e produção de conhecimento, buscando um compromisso com o estudo de saberes já produzidos no campo da dança e o envolvimento com a produção de conhecimento a partir da prática artística.</p> Mariana Baruco Machado Andraus Copyright (c) 2022 Revista Brasileira de Estudos da Presença https://seer.ufrgs.br/index.php/presenca/article/view/114484 Thu, 27 Oct 2022 00:00:00 -0300 Performing Arts and Theories of Knowledge: https://seer.ufrgs.br/index.php/presenca/article/view/126391 <p>This paper discusses the knowledge production in dance, as well as its dissemination. The distinctions between theories of knowledge and knowledge production are examined, seeking a commitment to the study of knowledge already produced in the field of dance and the involvement with the production of knowledge from the artistic practice.</p> Mariana Baruco Machado Andraus Copyright (c) 2022 Revista Brasileira de Estudos da Presença https://seer.ufrgs.br/index.php/presenca/article/view/126391 Thu, 27 Oct 2022 00:00:00 -0300 Sobre uma Impossibilidade de Instauração de Dissensos: https://seer.ufrgs.br/index.php/presenca/article/view/117151 <p> Inspirada no trato arquivístico de Michel Foucault, este artigo nasce da investigação em que se fez um mapeamento de artigos que versam sobre a pedagogia do teatro em 10 periódicos científicos da área das Artes e das Artes Cênicas. Deuse a ver no interior de tal arquivo empírico um conjunto de 21 verbos regulares, a conduzir as condutas aí implicadas. Organizou-se, então, uma espécie de dicionário da pedagogia do teatro, valendo-se da apresentação em série de trechos desses artigos nos quais esses verbos estão presentes. Tal tecitura revela a maquinaria de veridicção atinente ao campo da pedagogia do teatro, evidenciando uma tendência à impossibilidade da instauração de dissensos.</p> Sidmar Silveira Gomes Copyright (c) 2022 Revista Brasileira de Estudos da Presença https://seer.ufrgs.br/index.php/presenca/article/view/117151 Thu, 27 Oct 2022 00:00:00 -0300 On an Impossibility of Establishing Dissent: https://seer.ufrgs.br/index.php/presenca/article/view/125990 <p>Inspired by the archival treatment of Michel Foucault, this article stems from the investigation that mapped articles on theater pedagogy in 10 scientific journals in the field of Arts and Performing Arts. A set of 21 regular verbs was observed in this empirical archive, leading to the conducts involved therein. A sort of theater pedagogy dictionary was then organized, leveraging the serial presentation of excerpts from these articles containing these verbs. Such textual weaving reveals the machinery of veridiction pertaining to the field of theater pedagogy, evidencing a tendency towards the impossibility of establishing dissent.</p> Sidmar Silveira Gomes Copyright (c) 2022 Revista Brasileira de Estudos da Presença https://seer.ufrgs.br/index.php/presenca/article/view/125990 Thu, 27 Oct 2022 00:00:00 -0300 O Lado B da História: https://seer.ufrgs.br/index.php/presenca/article/view/118186 <p>O objetivo deste artigo é analisar os discursos de quatro <em>Histórias do Teatro Português (HTP)</em> sobre a segunda metade do século XVIII. Após discussão e delimitação dos aspectos estéticos que circulam por Portugal no período e dos problemas relativos ao teatro popular no <em>corpus</em>, estabelece-se uma análise quantitativa das variedades teatrais setecentistas em cada uma das <em>HTP</em>. Tal olhar quantitativo alavanca a análise qualitativa empreendida na parte central do artigo, que visa compreender a posição estético-ideológica do projeto discursivo de cada autor. Por fim, conclui-se que as <em>HTP</em> são marcadas por uma mirada que deve ser revista a partir do pensamento contemporâneo sobre o período.</p> Carlos Gontijo Rosa Copyright (c) 2022 Revista Brasileira de Estudos da Presença https://seer.ufrgs.br/index.php/presenca/article/view/118186 Thu, 27 Oct 2022 00:00:00 -0300 The B-Side of History: https://seer.ufrgs.br/index.php/presenca/article/view/126403 <p>O objetivo deste artigo é analisar os discursos de quatro <em>Histórias do Teatro Português (HTP)</em> sobre a segunda metade do século XVIII. Após discussão e delimitação dos aspectos estéticos que circulam por Portugal no período e dos problemas relativos ao teatro popular no <em>corpus</em>, estabelece-se uma análise quantitativa das variedades teatrais setecentistas em cada uma das <em>HTP</em>. Tal olhar quantitativo alavanca a análise qualitativa empreendida na parte central do artigo, que visa compreender a posição estético-ideológica do projeto discursivo de cada autor. Por fim, conclui-se que as <em>HTP</em> são marcadas por uma mirada que deve ser revista a partir do pensamento contemporâneo sobre o período.</p> Carlos Gontijo Rosa Copyright (c) 2022 Revista Brasileira de Estudos da Presença https://seer.ufrgs.br/index.php/presenca/article/view/126403 Thu, 27 Oct 2022 00:00:00 -0300