Níveis séricos do fator neurotrófico derivado do cérebro e citocinas e a duração da amamentação em crianças e adolescentes [Serum levels of Brain-Derived Neurotrophic Factor and cytokines and duration of breastfeeding in children and adolescents]

Autores

  • Juliana Silveira Andrade Hospital de Clínicas de Porto Alegre , Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Maria Inês de Albuquerque Wilasco Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS
  • Cristina Toscani Leal Dornelles Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS
  • Gabriel Rodrigo Fries Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre,RS
  • Clarissa Severino Gama Hospital de Clínicas de Porto Alegre, RS
  • Adriane Ribeiro Rosa

Palavras-chave:

Fator Neurotrófico Derivado do Cérebro (BDNF), Aleitamento Materno, Desmame Precoce, Citocinas.

Resumo

Introdução: O fator neurotrófico derivado do cérebro (BDNF) é uma importante neurotrofina que está presente no tecido cerebral e periférico. O leite materno é considerado o alimento "padrão ouro" para o desenvolvimento cerebral, tornando o desmame precoce um fator de risco no desenvolvimento infantil. Objetivo: Avaliar a concentração de BDNF, IL6, IL10, TNF-α em crianças eutróficas e correlacionar com a duração da amamentação. Métodos: Trinta e sete crianças foram recrutadas e classificadas de acordo com a duração do aleitamento materno: < 6 meses (desmame precoce) e ≥ 6 meses. Foram realizadas duas consultas: a consulta basal em 2007 (T0) e a consulta de seguimento em 2011 (T1). Os níveis séricos de BDNF foram avaliados por ELISA sanduíche e os de citocinas por citometria de fluxo. Resultados: Níveis séricos de BDNF em T0 foram significativamente menores no grupo amamentado por ≥ 6 meses (p=0,025), sendo que este não teve diferença entre os grupos em T1 (p=0,863). Níveis de IL6 apresentaram-se aumentados significativamente em T0 no grupo de desmame precoce (p=0,016). O IMC em T1 foi maior no grupo de desmame precoce (p=0,007). E em relação aos níveis de IL10 e TNF-α não houve diferenças significativas entre os grupos. Conclusão: Os resultados deste estudo mostraram semelhanças entre os níveis séricos de BDNF medidos a longo prazo, entre crianças amamentadas por < 6meses e ≥ 6 meses sugerindo que outros mecanismos neuroquímicos possam estar envolvidos com os benefícios da duração do aleitamento materno. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2014-04-03

Como Citar

1.
Andrade JS, Wilasco MI de A, Dornelles CTL, Fries GR, Gama CS, Rosa AR. Níveis séricos do fator neurotrófico derivado do cérebro e citocinas e a duração da amamentação em crianças e adolescentes [Serum levels of Brain-Derived Neurotrophic Factor and cytokines and duration of breastfeeding in children and adolescents]. Clin Biomed Res [Internet]. 3º de abril de 2014 [citado 8º de fevereiro de 2023];34(1). Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/hcpa/article/view/44095

Edição

Seção

Artigos Originais

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)