Fissuras labiopalatinas e nutrição

Autores

  • Deborah Filippini Carraro Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Cristina Toscani Leal Dornelles Hospital de Clínicas de Porto Alegre/RS
  • Marcus Vinícius Martins Collares Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS Hospital de Clínicas de Porto Alegre/RS

Palavras-chave:

Fissura labiopalatina, nutrição, alimentação, tratamento interdisciplinar

Resumo

As fissuras labiopalatinas são uma malformação do terço médio da face, que se devem a falta de fusão dos processos maxilares e palatinos. Situam-se entre o terceiro e o quarto defeito congênito mais frequente, e no Brasil, segundo a Organização Mundial de Saúde, há 13,9 casos em cada 10.000 nascimentos. Seus portadores, além de grave problema estético, apresentam distúrbios funcionais, desde a alimentação ate a fonação, que são perfeitamente tratáveis. As maiores dificuldades dos bebês que apresentam esta anomalia são a alimentação, a respiração e o ganho de peso. Seu tratamento consiste em cirurgia, assim como acompanhamento interdisciplinar e diversos cuidados no pré e no pós operatório.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Deborah Filippini Carraro, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Mestranda em Ciências Cirúrgicas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Cristina Toscani Leal Dornelles, Hospital de Clínicas de Porto Alegre/RS

Serviço de Nutrição e Dietética 

Seção clínica (pediatria)

Marcus Vinícius Martins Collares, Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS Hospital de Clínicas de Porto Alegre/RS

Departamento de Cirurgia da UFRGS

Serviço de Cirurgia Plástica - Unidade de Cirurgia Crânio Maxilofacial

Downloads

Publicado

2012-01-30

Como Citar

1.
Carraro DF, Dornelles CTL, Collares MVM. Fissuras labiopalatinas e nutrição. Clin Biomed Res [Internet]. 30º de janeiro de 2012 [citado 1º de fevereiro de 2023];31(4). Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/hcpa/article/view/22426

Edição

Seção

Artigos de Revisão

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)