Arte(sania) na escola: (desa)fios da arte nos anos iniciais do Ensino Fundamental

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22456/2357-9854.103735

Palavras-chave:

Arte. Anos iniciais do Ensino Fundamental. Artesania. Escola.

Resumo

Aborda os desafios da arte nos anos iniciais do Ensino Fundamental e os seus fios de resistência emaranhados à experiência e à infância na escola. Reflete acerca da minoração da experiência, sobretudo no campo da educação, a partir do projeto da modernidade e destaca as suas consequências na escola, especificamente, na arte e no seu ensino nos anos iniciais do Ensino Fundamental. A partir de uma pesquisa cartográfica, trata dos (desa)fios da arte nos anos iniciais do Ensino Fundamental, evidenciando a artesania como fio de passagem da arte na escola, transformando-a em espaçotempo para a arte, a experiência e a infância, para a aprendizagem, a vida e o mundo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fernanda Maria Santos Albuquerque, Universidade Federal de Pernambuco — UFPE, Caruaru/PE

Mestra em Educação Contemporânea pela Universidade Federal de Pernambuco. Graduada em pedagogia pela Universidade Federal de Pernambuco/Campus Acadêmico do Agreste. Membro do Grupo de Pesquisa Discursos e Práticas Educacionais. Professora dos anos iniciais do Ensino Fundamental no município de Toritama-PE.

Conceição Gislâne Nóbrega Lima de Salles, Universidade Federal de Pernambuco — UFPE, Caruaru/PE

Graduada em Pedagogia pela Universidade Federal de Pernambuco, mestre e doutora (2008) em Educação pela Universidade Federal de Pernambuco. Atualmente é Professora Associada II do Centro Acadêmico do Agreste da Universidade Federal de Pernambuco, onde atua no curso de graduação em Pedagogia e docente permanente do programa de pós-graduação em Educação Contemporânea (PPGEduc).É coordenadora do programa de pós-graduação em Educação Contemporânea-PPGEDUC/Campus Agreste.

Nádia Priscila de Lima Carvalho, Universidade Federal de Pernambuco — UFPE, Caruaru/PE

Mestre em Educação Contemporânea pela Universidade Federal de Pernambuco pelo Centro Acadêmico do Agreste em Caruaru. Participante do Grupo de Pesquisa: Discursos e Práticas Educacionais pela UPPE-CAA, Caruaru/PE.

Referências

BARROS, Manoel de. Meu quintal é maior do que o mundo. Rio de Janeiro: Objetiva, 2015.

BENJAMIN, Walter. Magia e técnica, arte e política: ensaios sobre literatura e história da cultura. São Paulo: Brasiliense, 1987.

DUARTE JÚNIOR, João-Francisco. O sentido dos sentidos: a educação (do) sensível. 2000. 233 f. Tese (Doutorado em Educação) — Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2000. Disponível em: http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/253464. Acesso em: 26 jul. 2018.

FERRAÇO, Carlos Eduardo; ALVES, Nilda. Conversas em redes e pesquisas com os cotidianos. In: RIBEIRO, Tiago; SOUZA, Rafael de; SAMPAIO, Carmen Sanches (org.). Conversas como metodologia de pesquisa: por que não? Rio de Janeiro: Ayvu, 2018. p. 41-65.

GALLO, Sílvio; RODRIGUES, Alexsandro. Sexualidades e infâncias: (des)viar conversas que afirmam uma infância, para fiar preocupações com a novidade da criança em aparecimentos. In: RODRIGUES, Allan de Carvalho; BERLE, Simone; KOHAN, Walter Omar (org.). Filosofia e educação em errância: inventar escola, infâncias do pensar. Rio de Janeiro: NEFI, 2018. p. 213-230.

GOBBATO, Carolina. BARBOSA, Maria Carmen Silveira. A artesania, o diálogo e a cooperação: uma perspectiva para a didática na educação infantil. POIÉSIS, Tubarão, v. 13, n. 24, p. 350-365, 2019. Disponível em: http://portaldeperiodicos.unisul.br/index.php/Poiesis/article/view/8254. Acesso em: 19 maio 2020.

KOHAN, Walter Omar. Infância, estrangeiridade e ignorância: ensaios de filosofia e educação. Belo Horizonte: Autêntica, 2007.

LARROSA BONDÍA, Jorge. Notas sobre a experiência e o saber de experiência. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, n. 19, p. 20-28, 2002. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rbedu/n19/n19a02.pdf. Acesso em: 13 dez. 2016.

LARROSA BONDÍA, Jorge. Experiência e alteridade em educação. Reflexão e Ação, Santa Cruz do Sul, v. 19, n. 2, p. 4-27, 2011. Disponível em: https://online.unisc.br/seer/index.php/reflex/article/view/2444/1898. Acesso em: 5 dez. 2016.

LARROSA BONDÍA, Jorge. Tremores: escritos sobre experiência. Tradução Cristina Antunes, João Wanderley Geraldi. Belo Horizonte: Autêntica, 2016.

MENEZES, Rosália. A-MI, Jo. Corpo que paira, corpo que flui: corporeidades múltiplas na arte-vivência. Revista GEARTE, Porto Alegre, v. 4, n. 1, p. 127-140, 2017. Disponível em: http://seer.ufrgs.br/gearte/article/view/70906. Acesso em: 27 maio 2020.

OLARIETA, Beatriz Fabiana. O sol e as laranjas: ou sobre o lugar onde as crianças e a poesia se encontram. Childhood & Philosophy, Rio de Janeiro, v. 9, n. 17, p. 11-23, 2013.

PAGNI, Pedro Angelo. Experiência estética, formação humana e arte de viver: desafios filosóficos à educação escolar. São Paulo: Loyola, 2014.

PASSOS, Eduardo; KASTRUP, Virgínia; ESCÓSSIA, Liliana (org.). Pistas do método da cartografia: pesquisa-intervenção e produção de subjetividade. Porto Alegre: Sulina, 2015.

RODRIGUES, Luiza Silva; ROBLE, Odilon José. Educação dos sentidos na contemporaneidade e suas implicações pedagógicas. Pro-Posições, Campinas, v. 26, n. 3, p. 205-224, 2015.

SABINO, Kelly C. Experiência: Uma arqueologia entre a arte e a educação. In: REUNIÃO ANUAL DA ANPED, 38., 2017, São Luís. Anais […]. São Luís: Anped, 2017. Disponível em: http://anais.anped.org.br/sites/default/files/arquivos/trabalho_38anped_2017_GT24_203.pdf. Acesso em: 20 jan. 2018.

SENNETT, Richard. A cultura do no capitalismo. Tradução Clóvis Marques. Rio de Janeiro: Record, 2006.

SENNETT, Richard. O artífice. Tradução Clóvis Marques. 5. ed. Rio de Janeiro: Record, 2015a.

SENNETT, Richard. Juntos: os rituais, os prazeres e a política da cooperação. Tradução Clóvis Marques. 3. ed. Rio de Janeiro: Record, 2015b.

SKLIAR, Carlos. A escuta das diferenças. Porto Alegre: Mediação, 2019.

STRAZZACAPPA, Márcia. A educação e a fábrica de corpos: a dança na escola. Cadernos Cedes, Campinas, v. 21, n. 53, p. 69-83, 2001. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/ccedes/v21n53/a05v2153.pdf. Acesso em: 28 maio 2020.

Downloads

Publicado

2021-03-27

Como Citar

ALBUQUERQUE, F. M. S.; SALLES, C. G. N. L. de; CARVALHO, N. P. de L. Arte(sania) na escola: (desa)fios da arte nos anos iniciais do Ensino Fundamental. Revista GEARTE, [S. l.], v. 8, n. 1, 2021. DOI: 10.22456/2357-9854.103735. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/gearte/article/view/103735. Acesso em: 9 ago. 2022.

Edição

Seção

Ensino de Artes Visuais em diferentes campos