Análise do efeito da incorporação de nanopartículas de ZnO nas propriedades físicas e mecânicas de painéis MDF

Autores

Palavras-chave:

nanocompósitos, propriedades mecânicas, paineis de madeira, melamina-formaldeído, ureia-formaldeído

Resumo

O painel MDF pode sofrer mudanças dimensionais, o que compromete seu desempenho. Uma forma de melhorar o desempenho do painel é incorporar nanopartículas. A presente pesquisa estudou o efeito do uso de nanopartículas de óxido de zinco em diferentes teores (0%, 0,5% e 1,0%) em painéis MDF fabricados com resina ureia-formaldeído (UF), resina melamina-formaldeído (MF) e fibras de Eucalyptus grandis. Também avaliou o uso de modelos de regressão para estimar propriedades físicas e mecânicas em função do adesivo utilizado e do teor de ZnO incorporado. Os tratamentos com resina MF apresentaram melhor desempenho quando comparados com os tratamentos que utilizaram adesivo UF. O teor ótimo para adição de nanopartículas foi o de 0,5%. O teor de 1,0% levou ao aumento no teor de umidade, ao inchamento e à diminuição dos valores de MOR e MOE, o que pode ser justificado pela cura acelerada e pelo superaquecimento das camadas externas, prejudicando a cura das camadas interiores. O modelo com maior precisão foi o estimador da densidade aparente, sendo os fatores resina, ZnO e interação significativos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Vinicius Borges de Moura Aquino, Instituto de Engenharia do Araguaia, Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará

Instituto de Engenharia do Araguaia, Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará, MSc.

Downloads

Publicado

2022-11-15

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

> >>